Demorei bastante para assistir um dos spinoffs da saga Velozes e Furiosos, sendo que é uma das minhas sagas favoritas. Adiei um tempo enorme para assistir e sem motivo algum, mas no final tive que colocar tudo em dia.

FILME: Velozes e Furiosos: Hobbs e Shaw

NOME ORIGINAL: Fast & Furious: Hobbs & Shaw

NACIONALIDADE: Estados Unidos

DURAÇÃO: 2 horas e 16 minutos

ANO: 2019

GÊNERO: Ação



Desde que se conheceram, Luke Hobbs (Dwayne Johnson) e Deckard Shaw (Jason Statham) constantemente bateram de frente, não só por inicialmente estarem em lados opostos mas, especialmente, pela personalidade de cada um. Agora, a dupla precisa unir forças para enfrentar Brixton (Idris Elba), um homem alterado geneticamente que deseja obter um vírus mortal para pôr em andamento um plano que mataria milhões de pessoas em nome de uma suposta evolução da humanidade. Para tanto eles contam com a ajuda de Hattie (Vanessa Kirby), irmã de Shaw, que é também agente do MI6, o serviço secreto britânico.
Não há como negar que a intriga que estes dois geram entre si foi uma bela jogada de marketing para a saga e que no final acabou gerando um dinheiro considerável, sendo que surgiu a ideia de fazer um filme à parte. Isso para quem não sabem gerou também uma briga na vida real entre o elenco verdadeiro do filme, que fez com que o Dwayne e o Vin Diesel acabassem se odiando de verdade, já que o filme Velozes e Furiosos 9, que vai estrear em maio deste ano, precisasse ser adiado por mais um ano, sendo que era para ter sido lançado no ano passado. Assim ficou claro que Dwayne e todo o restante do elenco desfizeram toda e qualquer amizade.

Passada esta questão então o roteiro se baseia em uma irmã de Shaw, o poderoso Jason Statham, que não foi citada em nenhum dos filmes anteriores, fazendo parte do MI6, que é o serviço secreto britânico, onde ela ao tentar proteger um vírus, acaba sendo acusada de matar a sua equipe e roubar o mesmo vírus, sendo que para protegê-lo do vilão e um mega ator, Idris Elba, injeta em si e fica à mercê da morte.


Até aí o filme tem uma história ótima e a saga é realmente como tem que ser: adrenalina pura e muita ação. A mistura do jeito mais discreto de Shaw e a forma irônica de Hobbs realmente faz o filme ser uma pita excelente de humor e ação.

Com o jeito de Idris, que é uma mistura de ser humano com uma potencialização de vilão com roupagem que quase o torna indestrutível, sendo que ele está sendo aprimorado para ser assim, torna as coisas bem mais difíceis para ele ser destruído. E como ele está atrás do vírus e a irmã de Shaw precisa ser curada, tudo vira um jogo meio maluco.


Não posso negar, as cenas de ação são excelentes. O filme não te deixa parar. E ao mesmo tempo que parte de uma cidade à outra, não se perde na história. Isto, infelizmente até estar em Moscou, onde vai para conflitar o vilão de Idris Elba e, diga-se de passagem, tem mais cenas cheias de ação, e que ao meu ver poderia terminar ali o filme. E então foi este o erro que o filme comete.


Poderiam ter terminado tudo em Moscou ao meu ver. Mas então eles decidem que partir para Samoa e reviver a história da vida de Hobbs seria mais interessante.O problema nem foi tanto este. O problema foi que houve tanta coisa sem lógica, tanta cena absurda, que muitas vezes sempre tem nesta saga, que chegou a cansar. Eu parei de achar legal e fiquei com sono. Eram coisas muito ilógicas. Um local no meio do nada onde eles resolveram que, sem tecnologia nenhuma brigariam com o vilão que podia matar eles em um piscar de olhos.

Quiseram introduzir aquela coisa de família, já que a de Hoobs vive em Samoa e lá está toda sua família. Como faz o resto da saga, mas deram um pulo meio sem nexo aqui neste filme.

Foi tanta cena cena sem noção, que a última mataria a todos, mas eles nem sequer sofrem um arranhão. E então este foi o grande pecado do filme. Ter tentado fazer algo a mais quando eles estavam ganhando.



Vai ter continuação? Certamente vai. Com uma bilheteria de 760 milhões de dólares, eles não deixariam escapar mais esta chance, até porque deixaram no final cenas para um próximo filme.

Se você assistiu, deixe sua opinião!
De qualquer forma, logo chega o Velozes e Furiosos 9 e estou super ansiosa!



8 Comentários

  1. Olá...
    Adorei conferir sua análise sobre Velozes e Furiosos- Hobbs & Shaw, mas, como não sou muito fã dessa série de filmes, prefiro passar a sua dica... Acredita que nunca assisti a nenhum dos filmes? Kkkk... Não curto muito filmes de ação :(
    Porém, tenho um primo que ama velozes e furiosos e já vou enviar esse post pra ele.
    Bjão

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. O que o dinheiro não faz né?
    Todo mundo se odeia, que triste isso.
    Enfim, o último filme da saga que assisti foi o que passou no Brasil, depois nunca mais.
    Imagino que as cenas de ação seja ótimas, é uma marca de Velozes e Furiosos, sempre foram muito boas.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Acho que não cheguei a assistir a nenhum dos filmes inteiros, mas tenho bastante curiosidade de ver todos. Adorei saber tua opinião em relação ao spin off!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. Oi, Greice.
    Apesar de curtir bastante a franquia de Velozes e Furiosos, não entendi qual é a desse filme! Não vi a menor relação dessa história com a franquia e não tive o menor interesse em ver esse filme. Depois de ler a sua resenha, então... menos ainda!!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Eu ainda não assisti esse por pura preguiça, e que admito ser mais fã do Vin Diesel, porém não temos como fugir da franquia sem assisti-lo. Espero poder curtir assim como você, e me impressionei com a arrecadação do filme. Adorei sua opinião e analise!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Não sou fã da franquia de filmes, o único que vi foi desafio em Tokyo hahaha, preciso pegar um dia para assistir todos.
    Gostei das suas impressões.

    ResponderExcluir
  7. Olá

    O filme ao meu ver foi ruim para não dizer péssimo.
    Dwayne é brilhante, mas anda com síndrome de deus devido ao excesso de elogios que vem recebendo e por isso a briga com o elenco anterior. Após a morte do Paul continuar com a série é até um desrespeito, mas estamos falando de norte americanos que prezam mais o dinheiro que a harmonia e as amizades.

    Beijos e larguei a série.

    ResponderExcluir
  8. Olá Greice!!!
    Eu acho que o filme para mim só chegou até o segundou ou o terceiro e quando eu era bem novinha mesma, não me lembro de nada muito dos filmes a não ser as corridas e com o tempo fui vendo que as histórias se transformaram em um gênero de ação que não é meu tipo.
    Que bom que o filme foi bom, mas uma pena que ele errou em determinados pontos mas espero que o nono filme que está para sair seja melhor.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos