É meio estranho começar um post com um nome deste, até porque muitas pessoas devem ficar pensando quem é que desiste da vida. Mas a verdade é que hoje muita gente desiste. Não somente por fatores externos ou fatores internos, mas quanto mais se cresce e mais se vive e percebe-se que algumas coisas são tão ilusórias a vontade de tentar novamente vai ficando cada vez menor.

Sempre comentei com minhas amigas que viveram sozinhas, cresceram e conquistaram suas coisas sozinhas que elas eram muito corajosas, tendo em vista que sequer tenho coragem de muitas vezes ir de uma cidade à outra. 

Tenho medo de não ter estabilidade, de perder algo que conquistei e de ficar dependendo de algo que pode ou não acontecer. Eu sou viciada em planos, tenho que ter tudo certo para cada coisa e me jogar em alguma aventura sem saber como cada coisa vai acontecer me traz uma ansiedade e uma angústia tão grandes que nem me dou ao luxo de tentar.



Sim, ansiedade e depressão são os dois fatores que moldam a minha vida e a de muita gente. Há milhares de pessoas sofrendo disto neste momento, tentando decidir se continuam ou não nesta loteria de emoções. Eu sou uma delas.

Já desisti de viver há tantos anos que sempre digo que para mim é um dia após o outro. Um dia bom, outro ruim e outro mais ou menos. Não me lembro sequer quando eu tive um dia feliz antes de tudo acontecer. A sociedade é tão preconceituosa que eu fico desejando em ter uma doença terminal do que uma depressão. Senão o que eu tenho nada mais é do que falta de vontade de algo. 

Uma pessoa depressiva para quem não tem depressão ou nunca passou por algo assim é somente falta do que fazer. Por isso eu gostaria de que todas as pessoas no mundo passassem pelo menos uma semana com ela. Tenho certeza que a empatia mudaria. As chances mudariam e as perspectivas de vida mudariam.

Fora isso para alguns sou um ser imprestável, mesmo que consiga exercer todas as funções, mas para a sociedade, falta um pedaço de mim. Para mim também falta. O pedaço que me faz querer continuar. Se eu pudesse escolher eu não continuaria. O ser humano não é mais o mesmo, só há capitalismo e um mundo em ruínas e o que sobrar de bom logo será engolido.

E então talvez eu possa respirar novamente, longe daqui.


Um Comentário

  1. Leio e releio suas sábias, sim sábias palavras, postadas de forma real e, porque não dizer lúdica, afinal onde começa ou termina a IN sanidade, o In e dentro e, os quase sanitos, 95% da população É doentia, . Pasme você Greice, nascer, crescer sob julgos de pais e escolas, vai tendo uma busca eterna, veja só, ETERNA é somos eternos se; assim como vc vê diz, a vida par de vazia........ Nestas tuas palavras que saíram do teu eterno SER, vibrará no tempo e, tocará as pessoas... Aquelas outras 5% iguais a você que também s ntem além de si e das suas próprias vidas......... Continue exalando estes saberes q a tua dor te deu.... Não, não há sacrificio, isto é religioso..... O q há sim é o saber adquirido com a experiência ....isto sim a Vida de dá .... Use, repasse, auxilie os as, outros q sofrem sem saber de si.....gratidão por ter xistir para amparar os outros 95%

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos