Autora: Lucy Diamond
Título Original: The House Of New Beginnings
Páginas: 320
Ano: 2019
Gênero: Romance 
Editora: Arqueiro
                                  Comprar

Em uma casa elegante próxima à orla, três moradoras têm mais em comum do que imaginam...
Uma terrível descoberta leva Rosa a largar uma carreira de sucesso em Londres e, num impulso, recomeçar a vida como sous-chef em Brighton. O trabalho é árduo e estressante, mas a distrai. Bem, pelo menos até ela conhecer a adolescente emburrada que mora no apartamento ao lado, que a faz questionar suas escolhas.
Georgie se muda para o Sul com o namorado, Simon, atrás de uma incrível oportunidade... para a carreira dele. Mas ela está determinada a ser bem-sucedida como jornalista e faz de tudo para trabalhar para uma revista local. A princípio, a cidade parece recebê-la de braços abertos, mas não vai demorar muito até ela se meter em várias enrascadas.
Após uma grande tragédia, Charlotte passa as noites isolada em seu apartamento. Porém, Margot, uma senhorinha estilosa que mora no último andar, tem outros planos para ela. Querendo ou não, Charlotte vai precisar encarar o mundo real... e todas as suas possibilidades.
Quando as três se conhecem, a esperança renasce, a amizade floresce e um novo capítulo se inicia na vida dessas mulheres.

Brighton é uma cidade que fica no sul da Inglaterra e onde há mais calor e onde muitas pessoas vão para turismo. É lá que fica o prédio número 11, bem próximo da orla e onde cinco apartamentos são cuidados pela dona que não é uma mulher muito maleável. Mas foi lá que Rosa, uma mulher que tinha um emprego maravilhoso e que ganhava maravilhas decidiu morar depois de descobrir que seu namorado de oito meses não era quem dizia ser. Agora Rosa fazia o que realmente queria da vida: trabalhar em um restaurante.

Georgie trabalhava como bibliotecária até seu namorado receber uma proposta irrecusável em Brighton. Eles namoram há tanto tempo que ficar longe dele durante seis meses parece que vai ser o fim de tudo. E eis que ela resolve seguir com ele para lá. Mas quando chega percebe que o lugar que ele escolheu não é o que ela esperava, e ficar sozinha todos os dias sem nada para fazer é mais deprimente ainda. O que ela precisa é achar algum trabalho e conhecer os vizinhos.

"- Ela parecia tão... doente. - A voz de Bea era quase um sussurro. - Não é? Muito doente, como se fosse morrer. - Então girou várias vezes um anel em volta do dedo, o olhar assustado. - Não sei o que eu faria se ela morresse." P. 75

Charlotte é a mulher que tenta se esconder do mundo. O mundo foi cruel com ela. Levou o que ela tinha de mais valioso. Agora ela passa as maiores horas trabalhando e quando volta para casa precisa preencher o vazio limpando tudo para não passar o restante das horas chorando. Até que um projeto em seu trabalho faz com que ela precise conhecer a sua vizinha Margot, uma senhora  que está doente, mas que conhece muito bem como aproveitar a vida.

E é entre doenças, problemas em relacionamentos e descobertas sobre o que realmente se deseja da vida que as mulheres desta história vão se unir e se conhecer e então cada uma vai acabar percebendo que todo mundo tem seus problemas e que tudo pode ser resolvido aos poucos, com a amizade e a boa vontade.


A Casa dos Novos Começos é um dos livros que a Arqueiro relaciona como o gênero Romance de Hoje, que é a nova categoria que eles estão publicando. O nome do livro não poderia ser mais idêntico ao que a história toda vai tratar e a capa escolhida também é bastante coerente.

De início vamos ter um pouquinho de cada personagem sendo apresentada, como a vida no antes e no depois influenciou para que cada uma acabasse indo morar naquele lugar, porém não entrega nada tão rápido, vai deixando aos poucos a vida das protagonistas ao ponto de que cada pedacinho vá sendo encaixado de forma linear. 

"E então, por mais incrível que pareça, deixou escapar um rosnado baixo do fundo da garganta, que provavelmente era para soar sexy, mas só fez Georgie se lembrar do som sufocado emitido pelo gato da Sra. Huggins, em Stonifield, sempre que vomitava uma bola de pelo no jardim." P. 211

O legal é que mesmo que tenha muita drama em cada vida e posso afirmar que sim, tem coisas muito dolorosas na vida de algumas das personagens, tudo é tratado de uma forma séria e na maneira ideal. As personagens vão de idade do começo dos vinte anos até os oitenta, o que já mostra assim como tem fases diferentes da vida sendo mostradas.

O cenário é tratado de uma forma que eu amo: bem descrito, com energia e com detalhes que fazem parecer que estou lá naquele lugar. Adoro isso em uma narrativa. Houve cenas em que ficava pensando como certa personagem podia estar aceitando aquilo, mas sempre paro e reflito de como é estar lendo e de como seria eu no lugar e então tudo acaba se encaixando ao longo da trama.

 


É um livro bem gostoso para ler e pensar em como amizades são importantes. Não vai ser cheia de cenas divertidas e pessoas rindo sem parar, pois é um livro onde há mais drama mesmo, porém é tão apaixonante a forma como há o envolvimento que é como estar conversando com uma melhor amiga.

Este livro só mostra como a vida é difícil e real. Todos tem uma história para contar e quanto mais abrirmos o coração para pessoas importantes, mais conseguimos passar pelos momentos difíceis. Espero que a editora pense em publicar mais livros da autora, já que tem mais livros publicados lá na gringa.


10 Comentários

  1. Vejo a galera lendo esses novos da Arqueiro e eu quase choro (na verdade chorei) perdi minha parceria com eles e a minha grana tá tão curta que comprei só o livro da Lucinda..
    A história desse livro é maravilhosa!! E como dizem a união faz a forma sim. E por mais drama e coisas dooorosas na vida das persnagens a gente aprende com elas. E claro.. Histórias!! Sou apaoxnada por livros que mostram um pouco da história dos personagens e seus motivos!!!
    Mais um livro que desejo muito

    ResponderExcluir
  2. Fiquei bem curiosa pra ler, amei a resenha :D

    https://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, estou curiosa para ler esse livro. Parece trazer amizades interessantes entre as personagens que enfrentam tantos problemas em suas vidas. Amei sua resenha.

    ResponderExcluir
  4. Quem não ama um bom drama né? Eu já fiquei muito curiosa com a história, parece ser bem diferente e ao mesmo tempo bem marcante. Conhecer um pouco mais sobre a vida desses personagens parece ser bem legal, Dica anotada!

    ResponderExcluir
  5. Sinceramente não é um livro que me cativa a leitura neste exato momento, pois estou fugindo um pouco de tranas com bastante drama, ultimamente tenho pedido leituras divertidas. Porém gostei muito da premissa da obra, como vamos conhecendo a história de vida de ambas protagonista até o ponto em que que elas se conhece. Outro ponto que me chamou a atenção e o fato de tratar a amizade como uma forma de lidar com as situações difíceis da vida. Por isso quem sabe em um outro momento eu não resolva dar uma chance a está leitura.

    ResponderExcluir
  6. Essa história me conquistou pelo que li aqui e agora desejo demais saber dessa história na íntegra, portando irei adquirir meu exemplar. Excelente dica.

    ResponderExcluir
  7. Oi Greice!
    Hoje estava pesquisando esse livro para comprar, essa história parece ser aquela marcante, e vidas que se cruzam dá mais aquela curiosidade de saber sobre o enredo. Adorei sua resenha fiquei intrigada com a história e mais sobre as personagens que se envolvem, parabéns. Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Greice.
    Estou amando essa coleção da Arqueiro. Já li o A Pequena Livraria dos Sonhos e amei. Agora quero ler tanto esse quanto o Desencontros à Beira Mar!! Adorei a ideia da coleção, de reunir livros contemporâneos leves, mas com essa boa dose de drama!
    Gostei muito de ver que você curtiu e já quer mais livros da autora!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  9. Já li livros que tive essa mesma coisa, pensar em como a personagem deixou algo acontecer e parar para pensar se fosse eu no lugar. Fiquei curiosa para ler o livro e saber quais as cenas que você falou.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem? Achei incrível essa ideia da Arqueiro em criar a coleção Romances de hoje. Estamos tão acostumados com Romances de época que é uma iniciativa interessante. Realmente todos nós temos uma história, todos nós trazemos mágoas, feridas, e as vezes precisamos recomeçar. Espero começar a leitura em breve. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos