Autor: Marcus Barcelos
 Título Original: Horror na Colina de Darrington
Páginas: 144
Ano: 2016
Gênero: Suspense
Editora: Faro Editorial

Em 2004, Benjamin Simons deixa o orfanato em que viveu desde a infância para ajudar alguns parentes num momento difícil: com sua tia debilitada e o tio trabalhando dia e noite, precisavam de alguém para tomar conta de sua prima Carla, de apenas cinco anos de idade.No entanto, certa madrugada, a tranquilidade da colina de Darrington é interrompida por um estranho pesadelo, que vai tomando formas reais a cada minuto. Logo, Ben descobre-se preso numa casa que abriga mistérios, onde o inferno parece mais próximo e o mal possui uma força evidente.Passaram-se mais de 10 anos. Isso tudo aconteceu quando Ben estava com dezessete anos, e foram experiências das quais ele preferia esquecer completamente…Mas aquele passado o acompanha de perto. Ben sente que precisa voltar e sabe que, ou desvenda tudo ou sempre viverá com medo. Então, ele decide contar, e traz numa narrativa angustiante e rica em detalhes tudo o que viveu e todas as batalhas impensáveis que travou para tentar manter a si próprio e a jovem prima em segurança. E se descobre no centro de uma conspiração capaz de destruir até a sua própria sanidade.Onde termina o inferno e começa a realidade?

Benjamin Francis Simon ou Ben como algumas pessoas o tratam, está internado em um hospital psiquiátrico. Isso já se somam onze anos desde o fatídico acontecimento. Ele não esqueceu de nada do que cada minuto guardou em suas lembranças, mas agora resolveu contar. 

Em uma pequena cidade dos Estados Unidos, em uma colina, morava uma família feliz. Carlinha, uma menina de cinco anos de idade, sua mãe Júlia, seu pai Romeo e sua irmã mais velha Amanda. Tudo era totalmente tranquilo. Ben vivia em um orfanato e como descobriu aquela família como seus parentes, resolveu que poderia passar um tempo com eles.

"Quando abri os olhos, trêmulo, a Carlinha não estava mais lá. Tudo o que vi foi um homem de camisa xadrez segurando uma pistola, com o cabelo emplastrado em sangue, que deslizou rapidamente em minha direção e colou seus dois olhos rapidamente nos meus." P. 20  
Júlia começou a perceber acontecimentos estranhos naquela casa. Nada parecia ser como as outras casas e percebeu que algum mal rondava aquele lugar. Era uma mulher na meia idade e que quanto mais trabalhava no porão da casa mais começava a descobrir que ali estava impregnado algo nocivo. Porém quando descobriu a verdade já era tarde demais. Algo a fez cair em um coma profundo e agora enquanto Romeo trabalhava dia e noite para pagar o tratamento da esposa, Ben cuidava de Carlinha enquanto Amanda estava em suas aulas na faculdade.

Porém Ben começou a perceber que Carlinha andava assustada. A menina parecia perceber vultos e falar com outras pessoas. Ou seria imaginação da própria criança? O tio nunca parava em casa e com a mãe naquele estado ela podia estar ficando doente. Quando Carlinha começa a dizer que está vendo coisas e que a escuridão vai tomar conta de tudo, Ben começa a perceber que a criança está falando a verdade.


"- Essa criança é minha! - ela gritou e escancarou a boca de forma sobrenatural, enquanto seus olhos se transformavam em duas grandes esferas negras." P. 54
Estava com este livro na minha lista de desejados já fazia muito tempo. Tinha grande curiosidade em conhecer a escrita do autor e só lia coisas positivas a respeito. Foi então que precisei ter um pouco mais de coragem e começar a leitura.

De início já preciso dizer que  a diagramação e todo o desenho artístico que é feito no livro é maravilhoso. Não é somente uma obra escrita em capítulos. Tem dados de jornal, de hospital e tudo em forma como se fosse escrito em fichas ou folhas. Além disto tem entre os capítulos os desenhos dos personagens sobre o que está acontecendo com cada um e as ilustrações não são de deixar a desejar.

"As lágrimas escaparam dos meus olhos. Cerrei as pálpebras segurando as mãos dela, para um adeus solitário. Cambaleando, peguei a chave e fui até a porta. Com uma última olhada para a cama, atravessei a soleira, girei a chave na fechadura e, mais uma vez, meus joelhos falharam. Agachado, vomitei até quase desmaiar." P. 46
Mesmo que tenha sido colocado no gênero de suspense, eu acredito que tenha muito mais de obra de terror. O suspense é caracterizado pelo fato de como tudo aquilo está acontecendo e quem pode ser o culpado pelos fatos, mas o terror por saber de tudo que aparece e de tudo o que acontece é muito mais real e assustador.

O autor não mede as palavras para deixar tudo em um ambiente bem sombrio e também não fica fazendo nenhum tipo de cenário para colocar as pessoas em momentos de felizes para sempre. Isto foi o que mais gostei. Tudo é bem realidade. Nada de sair correndo e morrendo e pronto, a pessoa está a salvo. É o tipo de livro que nem vilão nem mocinhos existem na sorte, todo mundo cai sempre no mesmo termo.


Gostei muito de toda forma que foi escrita a trama. Acredito que a intenção inicial do autor era ter somente uma obra escrita. Porém não tem como ler esta obra e não ficar pensando no que mais aconteceu! Eu li o livro correndo e já querendo na metade dele mais páginas. E então fiquei sabendo que já tem a continuação e fiquei maravilhada!

Dança da Escuridão é a continuação da saga e lógico que em breve já vou ler e trazer para vocês mais desta história cheia de terror, suspense e muito mistério. O que será que aconteceu com os moradores da Colina? E qual a razão pelo qual Ben precisa passar por tudo isto?

Marcus Barcelos merece o talento que tem!


28 Comentários

  1. Eu amo terror e esse livro está na minha lista de desejos já tem um bom tempo. Gosto desse suspense em torno da casa e dos seus moradores, assim como diagramação caprichadas me encantam. Não sabia que tinha continuação e já quero ler também, então se ler nos conte o que achou, quero conferir.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei sabendo da continuação há pouco tempo também! E não sabe a minha felicidade. Adoroooo

      Excluir
  2. Adorei sua resenha, bem clara e objetiva ao abordar o tema.
    Eu não leio o gênero, então essa não é uma leitura que vai pra minha lista, mas achei sua resenha bem instigante pro leitor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para quem curte o gênero sempre é válida mais uma opção! :)

      Excluir
  3. Tudo bem?
    Esse é o meu tipo de livro.
    Eu já o li e curti muito a escrita do autor e a forma como conduziu o enredo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Eu amo suspense mas esse livro eu não consegui ainda ter coragem em ler hahah Adorei sua resenha e fico feliz que tenha continuação, espero que coragem para ler em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh com certeza vou ler em breve. Eu sou destas que não pode ver continuação. hahahahha

      Excluir
  5. Eu sempre encarei essa obra como terror, principalmente pela capa, muito doido isso hahaha. Não tem nada melhor que uma obra esteticamente bem diagramada, ne? Apesar de nao ser um gênero que leio frequentemente, vou anotar sua dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem total razão, eu também sou a pessoa que adora uma capa bem produzida.

      Excluir
  6. Olá Greice,

    Li so dois do autor e gostei bastante, para os fãs do gênero é uma ótima pedida, ótima resenha....bjs.


    https://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Não conhecia esse livro, mas achei o enredo bem interessante. Parece ser aquele tipo de livro que nos pega de jeito, prende nossa atenção, mas saber que tem continuação já me deixa com pé atrás, não costumo ler muito o gênero que tem continuações, então me pergunto se continuaria tão instigante.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que continua ótima a continuação pelo que vejo, mas vou ler para saber também!

      Excluir
  8. Eu comprei este livro numa promoção mas nunca tinha ouvido falar dele, comprei por que tava realmente barato e achei ele muito bonito. Li bem rapidinho por que a historia me cativou bastante.Sério que este livro é colocado como suspense, achei ele tão de terror...vai entender. Adorei o post :D

    Bjus, Mirian (Castelo do imaginário)

    ResponderExcluir
  9. Eu gosto de suspense, mas tenho medinho em ler terror, por isso fiquei um pouco apreensiva se devo ou não ler este livro. Também achei a diagramação boa e agora preciso amadurecer se lerei ou não.
    Valeu pela dica
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha que esta diagramação e as ilustrações são muito boas também!

      Excluir
  10. Oi.

    Eu ainda nao conhecia o livro, mas parece ser ótimo só pela sua empolgação ao falar dele. Que bom que o livro te conquistou. Eu vou ir pela sua dica e colocar ele na lista de leitura. Quem sabe eu nao acabe gostando também!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Realmente essa obra é mais puxada para o terror e eu amei a leitura. Gostei muito da narrativa do autor, fiquei envolvida e confesso que em alguns momentos deu aquele friozinho na barriga. kkkk
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem Greice?

    Eu tive a oportunidade de ler os dois livros da série e adorei ambos, sem contar que todos os dois são de rápida leitura e isso me agrada muito. Gostei da sua resenha e impressões, parabéns pela resenha, ficou ótima!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou. Realmente a leitura é bem rápida e nada monótona.

      Excluir
  13. Admito que não gosto de livros de terror, não sei bem ao certo porque. Porém toda vez que eu leio uma resenha eu fico bem curiosa para saber o porquê de tudo está acontecendo dessa forma. Fiquei muito curiosa para saber de Ben e da Carla e porque a mãe da garota entrou em coma.

    Sua resenha ficou bem escrita e as fotos estão lindíssimas.

    Parabéns

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Eu conhecia só a capa do livro, é a primeira vez que leio algo sobre ele é é lógico que amei. Eu adoro suspense/terror e essa temática do livro me pareceu bem original e cheia de tensão. Com certeza quero ler. Dica anotada!

    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  15. Olá Greici!!!
    Eu já fiquei nervosa com o enredo da história e apesar dele ser maravilhoso, sou uma medrosa em cheio então meio que não colocaria ele na minha lista de leitura.
    Imagino o quão difícil deve ser ler um livro e querer mais páginas, mas que bom que o autor viu que tinha como render mais coisas e fez uma continuação.
    Espero que a continuação alcance suas expectativas, mas dessa vez pro não querer pesadelos vou passar a dica rsrsrsrs

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu te super entendo! Tem livros que também não consigo ler, mas eu sou mega apaixonada por terror!

      Excluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos