07 dezembro 2017

0

Crise Existencial: Post Desnecessário!



Falta de assunto. Será que é falta de assunto? Acredito que não seja. Acho que é mais uma falta de criatividade momentânea que está me impedindo de criar algo mais direto e que possa chamar a atenção de alguém.

Tenho visto muitos seriados ultimamente e isto tem me confundido bastante a cabeça. Não no sentido ruim, mas no sentido de que está sendo muito confuso com todas as teorias apresentadas e me pego pensando na quantidade de coisas em que a gente passa a vida se perguntando e analisando se é real ou fictício ou se devemos ou não acreditar em algo. Existe destino ou tudo já é traçado? Como o mundo foi criado? Este tipo de coisa

Adoro seriados ou filmes que me façam analisar todas as questões existenciais, já que muitas pessoas acreditam somente naquilo que é apresentado. Quando assisti ao filme Matrix fiquei um tempão analisando o que poderia ser verdade ou mentira e acredite, acho que nem sequer estamos preparados para este tipo de verdade já que afinal nem aceitamos a religião dos outros que são contrárias das nossas, não é?

E assim quando vou pensar em fazer alguma coisa mais completa me pego pensando novamente na teoria do que tenho assistido. É um ciclo que preciso completar com perguntas e respostas. Depois de ter lido Coluna de Fogo do meu querido Ken Follett e estar no último capítulo do seriado Dark eu parei muito para pensar o que realmente vale a pena na vida e o que fazemos de melhor no passado, no presente e no futuro.

Os dois assuntos dão temas de matérias bem complexas e com certeza é o que farei. Por enquanto só o que desejo é poder criar algo a mais do que problemas racionais que não consigo desvendar. Lost já tinha criado uma dimensão maior em mim e agora mais coisas surgem ao meu redor.
Falta de assunto? Nem pensar. É falta de coordenar tudo em palavras. 

Não se preocupe, logo volto com tudo em contexto para você.

Será o destino ou tudo está conectado?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos