11 janeiro 2017

23

Insana - Meu Mês de Loucura - Susannah Cahalan! [Resenha #335]



Susannah Calahan tem 24 anos, é jornalista no The New York Post, mora sozinha em um pequeno apartamento em Nova York, está em um relacionamento novo mas estável e até o momento fazendo tudo o que realmente ama. Seus pais são separados e moram em Nova Jersey, que fica a poucos minutos de trem de onde Susannah mora. Tudo está realmente bem até que coisas estranhas começam a acontecer e a vida de uma jovem mulher começa a mudar drasticamente.

Tudo começou com uma infestação de percevejos na cidade inteira. Todo mundo estava com medo daquela infestação louca e Susannah não escapava deste grupo. Um dia acordou com o que parecia uma picada de percevejo e então começou a ter pensamentos estranhos, pensamentos paranóicos sobre certas cosas que não pareciam certos. Algumas coisas não pareciam reais e agora ela podia estar doente. Ela tinha retirado um melanoma, será que ele tinha voltado?

Ao passar dos dias foi a falta de memória. Parecia perdida e não sabia muitas vezes o que estava fazendo. A concentração não vinha mais e Susannah se apegava muitas horas em coisas pequenas. Algumas pessoas pareciam falar coisas estranhas para ela, ou então alguém a estava perseguindo? O que estava acontecendo de verdade? E então as convulsões começaram. De forma violenta e trágica, que a deixavam impossibilitada de mutas coisas.

Foi aos 24 anos que Susannah começava a desenvolver uma doença que desencadearia um ciclo destruidor em seu corpo. Chegar ao ponto de saber se sequer viveria de um dia para o outro ou se voltaria ao normal foi mais crucial do que se pensa. E descobriu que ninguém até então sabia o que ela tinha.


Autora: Susannah Cahalan
Título Original: Brain on Fire
ISBN: 9788581741550
Páginas: 304
Ano: 2015
Gênero:  Biografia
Editora: Belas Letras





 


Como uma leitora viciada em diversos gêneros, gosto bastante de ler biografias, principalmente se for sobre temas que me chama a atenção. E foi depois de ter lido algumas resenhas bastante positivas sobre Insana que coloquei ele na minha lista de livros para ler e assim que tive a oportunidade já o peguei para ler.

Existem biografias que o autor consegue transmitir a positividade através da doença e é mais um livro de autoajuda do que uma biografia em si, ou então apresenta mais a questão sobre a vida da pessoa do que a doença, quando estamos falando sobre um livro onde a biografia relata a questão de uma doença. Acredito que Susannah como uma experiente repórter soube exatamente como escrever este livro porque o fascínio já é grande desde o começo da leitura e eu me prendi a ele de uma forma que não conseguia parar de ler.

Vamos passar por toda aquela fase de conhecer a pessoa que Susannah é, desde os sonhos que teve, desde algumas coisas de sua infância, mas isso não acontece como se fosse em ordem cronológica e sim conforme ela precisa fazer uma lembrança ou outra na descrição do livro.

O interessante é como a autora vai fazendo a descoberta de sua doença que, na verdade, não há um diagnóstico imediato e desta forma o leitor vai ir conhecendo todas as inúmeras etapas pela qual a paciente vai ter que rodar para chegar até onde precisa. É uma trama alucinante. Eu tenho uma deliciosa dúvida em questão de como o cérebro trabalha e como ele é capaz de moldar todas as personalidades e atitudes de uma pessoa.

Conforme os acontecimentos deste livro vão se tornando mais e mais difíceis para a autora, você vai conhecendo diversos processos, doenças, conhecimentos neurológicos ou psiquiátricos e assim por diante. A narrativa é bastante eficaz e feita de uma forma que todo leitor vai compreender mesmo que a autora utilize termos técnicos. 

E ao final da leitura vai descobrir que nunca estamos livres de algum tipo de acontecimento que pode colocar nosso cérebro e corpo em risco. É uma leitura que considero ideal para todos para que conheçam um pouco mais do que o cérebro pode causar e das consequências de cada movimento. 

O livro também vai virar filme. Tem a atriz Cloe Grace Moretz no papel da Susannah. O filme estava previsto para ter estreia em setembro de 2016 mas foi adiado, mesmo tendo sido apresentado em festival internacional de Toronto. Logicamente espero pelo filme e quero ver como vai ser a atuação da atriz.



Indico a todos esta leitura realmente Insana e completamente fantástica.




23 comentários:

  1. UAU, que livro interessante, fiquei muito curiosa pra ler. Sua resenha ficou ótima e junto com a capa e o título impactante me chamou muito a atenção!

    www.memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Já me interessei pelo livro só de ler a sinopse, sua resenha só me deixou ainda mais curiosa, quero saber o que aconteceu com ela, sua 'insanidade'e sua luta, e ainda fiquei mais curiosa por se tratar de uma biografia.
    Dica superanotada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, por ser uma biografia chama muito mais a atenção mesmo.

      Excluir
  3. Oi
    Nossa, que tenso.
    Ótima resenha.
    Sei que o livro é bom, mas não é bem o estilo que eu leio, mas vou assistir ao filme qdo sair.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Eu preciso ler esse livro! Nossa, que interessante a história dele! Realmente, sempre que o tema é o qual vulnerável é a nossa existência, fico encantada. Fico imaginando o desespero dos personagens a luta interna, o sofrimento daqueles que os amam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro o tema porque sempre penso como pensa a mente humana e como ela reage.

      Excluir
  5. Oie, meu Deus, que provação que a Susannah teve que enfrentar! Confesso que não acho o tipo de leitura que me agradaria no momento, mas a sua resenha ficou muito bem feita, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, foi bastante difícil, eu acho que não conseguiria ser como ela foi.

      Excluir
  6. Muuuito interessante! Sou secretária em um consultório psiquiátrico e toda essa coisa agora me chama atenção e me deixa intrigada. A mente humana é uma coisa muito louca rs. Valeu pela dica do livro, eu não conhecia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é bem assim que acontece. Ainda mais para entender as pessoas que estão ao nosso redor.

      Excluir
  7. Oiii!!

    Eu não conhecia esse livro acredita?
    Não é bem meu estilo então por isso eu não leria.
    Gostei muito da sua resenha e da forma como ficou encantada. Espero que a adaptação seja fiel a obra.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh eu também espero que a adaptação seja ótima, porque tem que ser muito boa em interpretação para passar o que a autora passou.

      Excluir
  8. Olá!

    Não conhecia a obra, mas achei interessante, ainda mais se a autora é jornalista, o que é ótimo para prender o leitor, por causa de sua escrita. Darei uma chance a ele em outro momento...

    ResponderExcluir
  9. Olá! Nossa! Eu fiquei de boca aberta enquanto lia sua resenha fiquei sem fÔlego lendo seu texto, imagina o livro. O tema é bem interessante, diferente e parece que prende o leitor do início ao fim. Parabéns pela resenha, beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que chamou a atenção. Fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  10. Esse livro está na minha lista de desejados faz tempo, e a cada resenha que leio percebo que preciso fazer essa leitura o quanto antes. Estou muito curiosa para saber o que de fato aconteceu com Susannah, deve ser uma leitura alucinante. Parabéns pela resenha.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que consiga ler ele, porque eu também tinha na minha lista de leituras e amei!

      Excluir
  11. Oie!!
    Eu ainda não conhecia o livro, assim como a história,mas fiquei bem interessada nessa trama. E fiquei bem intrigada com o filme também.

    Bjks!
    História sem Fim

    ResponderExcluir
  12. Oi Gleice, sua linda, tudo bem?
    Engraçado, quando li a primeira parte da sua resenha, pensei até que fosse uma distopia. Aí você esclareceu que era uma biografia, mas mesmo assim, estou com a impressão de que o livro foi escrito como se fosse uma ficção. Não conhecia essa história ainda e o que me chocou foi saber que é verdade, fiquei curiosa para descobrir que doença é essa. Não leio biografias, mas essa foi anotar, nem que seja para indicar.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá, não sabia que este livro tinha esse tema tão interessante. E apesar de alguns pontos que não gosto muito, prefiro ficar com as partes da história que me chamaram atenção. É um romance gostoso de acompanhar e fiquei surpreendido com algumas coisas que você trouxe nessa resenha.

    ResponderExcluir
  14. Oie, Greice! Eu simplesmente chocada com essa história! Eu não conhecia e agora, mal posso esperar para conhecer e entender. Imagino o caos que deveria estar a vida dela e como lidar com tudo. Nossa! Simplesmente quero!
    Beijinhos
    Anna - Letras & Versos

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos