05 setembro 2016

18

As Letras do Amor - Paula Ottoni!



Bianca está com seus dezenove anos, morando em Belo Horizonte com sua família, seus pais estão perto de se separarem e ela namora há cerca de um ano com Miguel. Estudou por três semestres na faculdade e percebeu que ainda não tinha decidido realmente o que queria para si e então no momento estava somente esperando algo e interagindo com sua melhor amiga e atacadora de homens, Mari.

Até que um pedido de seu namorado surge: ir morar com ele por seis meses em Roma, na Itália. Seria para morarem juntos, claro. No mesmo quarto, porém vão dividir o apartamento com o melhor amigo de Miguel, Enzo que é um ano mais velho que Miguel, que agora está com vinte e um anos. Miguel precisa ir para lá por este período para montar uma loja e mostrar para o seu pai que entende de negócios antes de voltar e começar a assumir a empresa da família e é assim que Bianca vê uma ótima oportunidade de conhecer sua segunda cultura, já que é por parte de pai de cidadania italiana.

Enzo é um cara com um estilo confortável, meio nerd e meio tímido. passa seu tempo entre suas aulas na faculdade, dando aulas particulares de guitarra e violão e sendo voluntário em hospitais infantis. Não é um cara que esteja sempre em meio a mulheres por ser tímido e tenta deixar o novo casal o mais à vontade possível.

Quando Miguel começa a trabalhar e o tempo começa a passar voando, as coisas começam a mudar drasticamente. Aquele Miguel querido e que mostrava um amor gigante não parece mais o mesmo e Bianca começa a perceber que talvez a melhor ideia não fosse ter ido junto. Porém Enzo está disposto a ajudá-la a encontrar um trabalho, um emprego e o que ela precisar. E é aí que está o problema.

Até que ponto a viagem realmente vai fazer tudo valer a pena?


Autora: Paula Ottoni
Título Original: As Letras do Amor
ISBN: 9788581638430
Páginas: 224
Ano: 2016
Gênero:  Humor / Romance / Drama
Editora: Novo Conceito









Até que enfim chegou o esperado momento em que pude ler uma obra da autora Paula Ottoni. Depois que a mesma foi anunciada como nova integrante do grupo Novo Conceito, esperei para ver como seria a minha reação baseada na primeira história publicada pela editora. A autora para quem ainda não sabe já tem diversas autopublicações e agora entra como um nome do mercado editorial.

As Letras do Amor é um livro adolescente. Sempre começo dizendo para as leitoras e leitores aqui do blog o gênero em que se encaixa o livro porque alguns não curtem muito o que pode estar por vir. Também gosto de saber coisas assim já que muitas vezes esta questão influencia no tratado da história. Quando percebi esta questão já fiquei com o pé atrás imaginando que poderia ser aquela coisa toda de menina x menino x amor x menino diferente. Sim, é algo parecido, mas com um contexto legal e com uma tratativa que Paula sabe escrever muito bem.

Como assim? Ok, vamos lá. Primeira coisa é que já dá para notar pela capa que vem algo bem clichê. Não vou fingir que isto não acontece ou tentar medir esforços para diminuir o tema. Até mesmo a autora brinca com esta questão no livro. Claro que tem, como é que são os livros de romance se não com um belo clichê? 

A segunda coisa é que você não vai perder tempo no livro com os personagens no Brasil, já que eles vão estar imersos no mundo em Roma ou então nas cidades que vão ser visitadas. E este é um ponto mega positivo do livro. A autora tem um dom excelente de saber contar como é todo o cenário e de uma forma muito centrada que faz com que você se sinta no lugar e que pareça estar desfrutando das mesmas coisas. Isto é algo totalmente essencial para mim, já que em um romance não podemos sentir algumas coisas, mas conseguir deslumbrar cenários é fantástico.

Os personagens são normais, como no nosso dia a dia adolescente. Na verdade achei alguns deles até um pouco mais maduros do que no meu tempo de adolescente, mas talvez é porque eu era um pouco criança demais ainda, não? Claro que em alguns momentos em me irritei completamente com Miguel, o namorado de Bianca. Claro que achei meio estranho que o namorado fosse filho de um dono de negócios e convidasse a namorada para morar com ele e mesmo assim ela fosse obrigada a pagar todas as suas despesas. Claro que é estranho eles irem para lá e nunca se falarem, ou ao menos isto quase não aparecer, mas depois isto tudo é explicado na trama. São coisas assim que aos poucos se refletem na irritação da personalidade de Miguel.

Mas no restante dos fatos vai ter aquela questão de dúvidas em relacionamentos e não vai ser um romance turbulento ou que cai do nada e isso também é legal. Nada de olhou nos olhos e já está tirando a calcinha. É algo mais puro, mais lento.

Gostei da escrita e foi um livro para ler em uma pegada mesmo. Agora gostaria de descobrir os outros livros da autora para saber como ela se sai novamente, já que conseguiu a aprovação no romance clichê.

Este post faz parte da:




18 comentários:

  1. Oi, já vi essa capa pela blogosfera e ainda não tinha lido uma resenha dele. Não sabia que a autora já tinha publicado outras coisas de forma independente. O clichê não me incomodaria, mas acho que sinto um pouco de falta dos autores nacionais escreverem algo no nosso cenário. Ainda assim, quero conferir!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Meu Deus quanta consciência me chamo Bianca, Tenho 19 anos e moro em Belo Horizonte com os meus pais rsrs.Bom eu já tinha visto a capa do livro circulando nas redes sociais porém nunca parei para saber afundo do que se tratava a história.Gostei muito da premissa e sua resenha está maravilhosa deixando o autor instigado querendo saber mais sobre a obra.Fiquei feliz em saber que a escrita da autora te agradou.

    ResponderExcluir
  3. Ola!! :)

    Eu não conhecia o livro mas não parece fazer muito o meu género... ahah

    Mas ainda bem que gosatste! E que apreciaste a escrita e que leste de uma so vez! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, flor!
    Embora você não tenha enfatizado isso na sua resenha, confesso que senti cheiro de triângulo amoroso. Não me interessei pela leitura do livro, pois não gosto de personagens que se colocam numa situação complicada, como a Beatriz aparentemente fez consigo mesma. O fato de o amigo do namorado ajudá-la parece a centelha de um novo romance, mas com as complicações de já estar com alguém e tal. Enfim, apesar dos seus elogios ao enredo, se for para ler algo assim, sugiro a série Rock Star <3333 Aliás, a premissa é semelhante: ela vai com o namorado para outra cidade, acabam morando na casa de um amigo dele, e...

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ah, quem não gosta de um romance clichê, afinal? Eles são tão leves que acabam por ser uma leitura deliciosa. Não vi muitas criticas positivas sobre esse livro, mas a sua resenha me deu uma perspectiva totalmente nova. Uma pena que não se passe muito em Belo Horizonte (minha BH <3), mas o descobrimento de outros locais bem centrados é legal também. O romance parece ser bemd esenvolvido também.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha, vou por esse livro na lista, mas a Bianca me parece um pouco chatinha, essa coisa de escolher um curso e depois mudar de ideia de se apaixonar por um outro cara enquanto ta com outra pessoa remete a indecisão e a pessoas que não sabem o que querem e eu não tenho muita paciência com gente assim. O Enzo parece um amorzinho completo, é serio isso de voluntário em hospital infantil? O cara devia ganhar um prêmio de pessoa mais boazinha do mundo! Você não vê muitos jovens de 20 anos trabalhando de graça enquanto estudam e que são inteligentes e tocam instrumentos musicais, e aposto que ele é uma gracinha com o estilo nerd.

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Essa maratona está sendo simplesmente incrível! Tenho descoberto obras maravilhosas que desconhecia.
    Fico feliz que a ambientação esteja interessante e que parece que estamos lá em Roma, pois é um lugar que quero muito conhecer um dia e isso já me deixa com bastante vontade de me aventurar nessa leitura.
    Outro fato que gostei muito é que o romance não é aquele que os personagens se olham e já estão tirando a roupa, que é mais lento e puro.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu fiquei muito interessada pelo livro e, apesar de ser clichê, gostei da ambientação, acredito que leria apenas por isso, já que adoro a Itália. Fiquei muito curiosa e vou procurar para ler em breve.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Oie flor, que livro fofinho, imagina que show ler sobre Roma, eu sou apaixonada por lá e ainda vou um dia. Sobre o livro, parece ser um que eu passaria pra trás no momento, me esbaldei de muito romance e pegar um com esse gênero e bem adolescente não faria muito meu gosto agora. Mas eu gostei de saber mais sobre ele, seria uma ótima leitura para a minha prima que é adolescente, não sabia que era nacional. Sucesso a autora e a ti.
    Xoxo

    ResponderExcluir
  10. Oi. Não conhecia o livro, confesso que não sou muito apreciadora dos livros da NC. Como você bem citou na resenha, é um livro adolescente, com um enredo engraçadinho, próprio ao público alvo. Eu concordo com você, é sempre bom situar o leitor, caso alguém goste de livros adolescente, ótimo, se o leitor não curte, como eu, já sabe que não é o público alvo. Gostei de visitar seu blog e a forma como você fez a resenha, me senti representada.

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Olha, eu confesso que sou a louca dos romances e não dispenso um clichê. Apesar de não gostar muito de livros adolescentes, tenho lido vários ultimamente e autores nacionais tenho me surpreendido com os enredos. Eu estava com esse livro em mãos na bienal e acabei optando por outro. Quem sabe um dia eu não o encontro novamente?
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu gosto de clichês bem escritos, mas confesso que esse livro não chama minha atenção. Acho que parte disso é por já não fazer parte do público-alvo dele.
    Ainda assim, acho bacana que o livro se passe em Roma, a ambientação deve estar demais!
    Adorei a resenha, mas desta vez, passo a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Olá, como vai? Não conhecia o livro e nem a autora mas gostei bastante da premissa, e vamos combinar que um bom clichê é essencial as vezes, é o que precisamos para partir para uma outra leitura mais densa. Fiquei curiosa com o desenvolver da história, muito estranho mesmo as atitudes que descreveu do Miguel, fiquei intrigada... será que Bianca vai escolher o Enzo?! Preciso colocá-lo na minha lista e conhecer sobre a autora também. Adorei a resenha, Bjos.

    EuVocê&oslivros

    ResponderExcluir
  14. Oi Greice, tudo bem?
    Fico muito feliz que tenha gostado do livro. É tão bom quando encontramos obras que nos encantam né?
    Mas confesso que não é um livro que eu leria. Pelo menos não no momento. Ando um pouco chata para romances e não tenho gostado do que tenho lido. Então prefiro ler esses livros quando estiver em outro momento, assim a chance de curtir é maior :)
    Beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oie!
    Eu recebi o livro essa semana e estou bem curiosa para conferir esse romance. Não conheço nada da autora, mas espero gostar da trama. Pelo que li na resenha que apresentou será uma história que vou gostar bastante, já que tem os elementos que aprecio.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Adoro livros com cenários nacionais, embora seja tentador estou um pouco cansada dos clichês e acho que não seria uma leitura para este momento. Estou em busca de algo que realmente diferente
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá Greice,
    O livro é bem adolescente mesmo e não despertou minha curiosidade. Não sei se aceitaria bem essa falta de comunicação do namorado com a Bianca e nem a questão de ela arcar com todas as despesas. Acho que a história é bem previsível, mas, talvez, para muitos valha a pena ler pois são adolescentes mais maduros e isso pode ajudar algumas pessoas nas decisões.
    Vou deixar a dica passar.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  18. Oi Greice, tudo bem? Apesar de eu não ser fã de romances estou com.vontade de ler mais livros do gênero e eu gostei desta história. Achei o Enzo suoer fofo e por todo o enredo ja da para deduzir o que vai acontecer mas mesmo com essa previsibilidade me pareceu uma história leve e eu estou precisando disso para ler.
    Dica super anotada.
    Bj

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos