14 dezembro 2015

44

O que eu quero pra mim - Lycia Barros! Resenha #272! Editora Arqueiro


Alice está em um momento crítico da sua vida. Suas escolhas não foram as mais saudáveis até agora. Na verdade Alice acredita que sempre fez o que quis para sua vida. Depois de se formar foi morar com uma amiga em Nova York para estudar mais e lá parecia que estava se achando. Mas então sua querida mãe ficou doente e como seu pai a havia abandonado e a trocado por uma mulher mais jovem, ela agora estava muito doente. Alice precisou voltar para cuidar da mãe e em pouco tempo a viu falecer. 

Com toda a dor do abandono e de não ter a mãe mais perto de si, Alice se jogou totalmente de cabeça no trabalho. Agora é sócia em uma empresa que fazia leilão de casas e apartamentos luxuosos e conseguia boas comissões com isto. Namorava há quatro anos com Casseano, um médico que queria uma vida junto com ela, com casamentos, filhos e tudo o que a vida pede.

Mas todo o frenesi acaba pedindo uma trégua. Sua vida maluca está acabando com sua saúde. Ela quase não come, está nervosa o tempo todo, perde a cabeça facilmente e a ideia de Casseano de querer inventar um casamento é loucura. Alice acredita que somente cada um morando em sua casa é um relacionamento perfeito. E depois de uma boa loucura em um dos leilões e Casseano ter pedido um tempo, a única coisa que Alice pensa é ir para Londres, na casa de sua melhor amiga Luana, que vai entender pelo que ela está passando.

Luana é a amiga que morava com Alice em Nova York. Depois que Alice voltou para o Brasil, ela conheceu Eamon, um irlandês perfeito com quem se casou e foi morar na Irlanda. Mas a ideia de Luana é de ser uma estrela, uma atriz e quando ela engravida, vê tudo isso mudar. Assim, com o passar de alguns meses ela percebe que precisa deixar o filho e o marido para trás e seguir sua vida e seu sonho.

Quando as amigas se encontrarem o coração delas entenderá o que precisa para compreender o que a vida anda aprontando. E a amizade pode passar por algumas turbulências, mas jamais ser extinta. 




Autora: Lycia Barros
Título Original: O que eu quero pra mim
ISBN: 9788580414066
Páginas: 208
Ano: 2015
Gênero:  Ficção /  Romance
Editora: Arqueiro







Até que enfim eu consegui ler um livro da Lycia Barros. Depois de ouvir tantas pessoas falarem do seu primeiro livro publicado pela Arqueiro, A Bandeja, não tinha como deixar de analisar a escrita da autora para entender qual era o motivo de tantos elogios. Não consegui ainda ler A Bandeja, mas com O que quero para mim consegui entender realmente o real motivo pelo qual as pessoas gostam dela.

Sabe quando você começa uma leitura que já sabe que vai gostar? No primeiro capítulo a autora usa de uma artimanha que gosto de ver em leituras. Ela dá uma entrada mais aprofundada no drama quando manda um e-mail para sua amiga Luana, que mora em Londres, contando que precisa ir passar umas férias por lá porque parece que tudo está desmoronando. Este primeiro capítulo que teve só duas páginas me fez desejar continuar a leitura rapidamente, já que eu sabia que teria algo profundo e dramático nas próximas páginas.

Alice é uma mulher um pouco mais madura, já próxima dos trinta anos, que passou por alguns momentos difíceis e que tem uma imagem que muitas mulheres também acreditam: que a mulher não deve deixar um homem moldar a vida dela, que ela precisa ser independente, pois depois o homem pode ir embora e deixar a mulher sozinha e desamparada. Esta foi uma das questões que fiquei pensando um pouco no início do livro, já que a personagem reage desta forma por motivos que ela explica. Mas de qualquer forma aquilo parece um pouco sincero e real em nosso mundo hoje em dia.

Há um tema psicológico abordado que te leva a raciocinar ainda mais: a codependência. Não vou entrar em mais detalhes sobre esta questão, mas no livro a busca pela real identidade de Alice e o que ela busca na vida chega em momentos de medos e incertezas. Até que ponto deixamos de fazer coisas por nós porque fazemos tudo pelos outros por medo de perdê-los? O quanto nos anulamos sem perceber? 

Se você busca uma leitura rápida, em que vai haver questionamentos sobre o que é certo ou errado e o que se pode estar perdendo conforme o modo que se pensa, você vai gostar deste livro. Não tem crises bobas, não há desperdício de tempo com cenas desnecessárias. Há um envolvimento com o valor interno sobre o amor, a amizade e esperança.

Tudo pode ser mudado quando aceitamos a ajuda de amigos. E tudo pode ser mais fácil quando aceitamos analisar as ações sem fugir delas. Começa de forma em que prende o autor e termina de uma forma melhor ainda. Adorei Lycia Barros e acredito que ela tenha um ótimo potencial para mais romances que, com certeza, eu lerei.








44 comentários:

  1. Oi flor! Tudo bem!? Sinceramente eu não gostei nem um pouco. Principalmente da Luana que me pareceu egoísta em largar sua família para viver um sonho. O marido até vai, mas o filho?
    Ah não gostei e to quase apostando que o final é a amiga dela e o marido se apaixonando. Estou certa?!
    Infelizmente é tão difícil eu gostar de romance.
    Um abraço
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Camila, tem um pouco mais de história e acho que no fim você iria mudar de ideia. Por isto que acho que o livro valeu muito a pena. :)

      Excluir
  2. Olha quando fiz a leitura desse livro eu confesso que gostei bastante da escrita da autora, mas eu me senti um pouco decepcionada, porque eu esperava mais sabe? Eu esperava mais acontecimentos e também um desfecho mais satisfatório embora tenho gostado, mas seilá, eu acho que poderia ter sido uma trama melhor. Mas mesmo assim não desmereço a obra, até porque o livro é bom e é gostoso até para relaxar. Espero que os leitores gostem da leitura. Adorei a sua resenha. Ficou muito bem escrita =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/12/resenha-paralelos.html


    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/12/resenha-paralelos.html


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso Sil, ele foi diferente para relaxar. Acho que o final para mim foi ótimo porque se fosse de outra maneira eu ficaria decepcionada!

      Excluir
  3. Oi, Greice, tudo bem?
    Quando comecei a ler a sua resenha, achei que não ia me interessar muito pela trama do livro, mas, suas considerações finais, me fizeram mudar de ideia. Não conhecia a autora, e este seria um ótimo livro para conhecer sua escrita. Dica anotada!

    Beijos,
    Dai | www.cheirodelivronacional.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ola Greice lindona essa premissa ainda não me conquistou por isso venho adiando conhecer a escrita da autora, sinto que o drama da protagonista é um pouco exagerado, adoro essa capa, quem sabe leia em outro momento, mas fico feliz que gostou da leitura e da escrita da Lycia. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Muito interessante a premissa desse livro, eu acho muito pertinente a discussão sobre a codependência, e o fato da autora não fazer rodeios em sua obra também é um ponto positivo na minha opinião, acho que é um livro que posso gostar muito se ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto quando há casos psicológicos nos livros, pois aprendo bastante com isso.

      Excluir
  6. Olá!

    Esse é o primeiro comentário positivo para a escrita da autora. Ainda não tive a oportunidade de ler ainda, e por causa de todas as negativas eu tinha deixado de lado.
    Gostei de saber que os pontos psicologicos foram bem retratados no livro, eu confesso que isso sempre me assusta, porque quando não estão bem trabalhados, a autora pode errar feio. E o fato de ser um livro sem muita enrolação me ganha mais ainda <3

    Gostei da resenha e já coloquei na minha lista


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  7. Ai, eu espero que gostar muito desse livro quando eu o ler, já faz tempo que estou de olho nele e sem contar que a autora é uma fofa!!!1 amei a tua resenha, é a primeira que leio sobre esse livro e adorei descobrir esses detalhes

    ResponderExcluir
  8. Oi!!!
    Achei a sinopse interessante por se tratar de uma mulher bem sucedida e decidida e sua resenha concretizou meu interesse. Um livro que aborda assuntos que são bem reais para mulher da atualidade que tem que ser multitarefa. Obrigada pela dica.

    Beijos
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem atual o tema tratado, realmente. E ainda por cima as dúvidas reais criados por causa disto!

      Excluir
  9. Oi, tudo bem?
    Gostei da parte que o livro aborda pontos psicológicos, mas, ainda sim, não é o meu tipo de leitura no momento. Mas, com tantos elogios, ainda espero dar uma chance para o livro em outro momento mais propício. Parabéns pela resenha, muito bem construída!

    Beijos,
    Andy!
    http://quotesperdidos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li nada da autora, acho que ela acaba colocando um pouco de religião na narrativa e isso me incomomda demais. Mas por outro lado, a acho simpaticíssima!!!! Quero ler este livro e me surpreender, ou confirmar realmente minha primeira impressão.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Ivy, eu vi falarem desta coisa de religião na A Bandeja, mas neste não tem isso, porque eu me sentiria incomodada também.

      Excluir
  11. Adoro personagens independentes, determinadas e bem sucedidos. Principalmente quando são mulheres. Adorei a realidade em que existe na história. Sua resenha me fez ter vontade de ler esse livro e eu nem tinha conhecimento dele. Valeu <3
    -Mari

    ResponderExcluir
  12. Oi Greice, eu morro de vontade de ler esse livro, eu nunca li nada da autora e sempre me falam muito bem dela. Essa parece ser um livro leve e contagiante, que traz algo mais sério, como algo leve também. Ótima resenha e ele já está na minha lista!

    Beijos

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/12/resenha-sombra-da-figueira.html

    ResponderExcluir
  13. Oiee,
    Nunca li nada da autora e confesso que não é por falta de curiosidade, pois isso tenho e muita mesmo. Sua resenha apenas me deixou ainda mais curiosa e sei que amarei ler a trama e descobrir mais sobre o certo e errado que a autora trabalha na obra

    Beijos da Fê
    As Catarina´s

    ResponderExcluir
  14. Oiee ^^
    Eu também tenho curiosidade de conhecer a escrita da Lycia, só vejo elogios para os livros dela, e estou doida para entrar para esse fã clube...haha' Esse livro parece ser muito bom, espero gostar dele tanto quanto você ♥ Ufa, estou mesmo precisando de um livro sem coisas bobas e desnecessárias *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oii,
    Você diz que queria ler algo dessa autora, e eu não a conhecia e muito menos o livro. Mas gostei muito, e pelo o que você disse, se já começou a gostar do livro desde o início, deve ser bom mesmo. Alguns demoram para engatar, e esse parece ser bom do início ao fim!
    Obrigada pela dica

    Xx

    ResponderExcluir
  16. Oi Flor.
    Tenho curiosidade para conhecer a escrita de Lycia Barros. Esse livro chama muito minha atenção, pois a vida da protagonista é bem parecida com de muitos que conheço.
    Adoro livros que já percebemos, logo nas primeiras páginas, que vamos gostar.
    Gostei da dica e pretendo ler em breve.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  17. Oi, Greice! Nunca li nada da autora, mas gosto muito de histórias mais profundas e não resisto a um bom drama. Quando tem um "quê" psicológico, então... Enfim, gostei bastante!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este livro é bem rápido de ler já que tem poucas páginas. E apesar de drama, ele é bem simples para ler e relaxar!

      Excluir
  18. Nunca li nada da autora e pelo que entendi Alice está procurando descanso mas acaba caindo nos dramas da vida de sua amiga né!? Fiquei decepcionada em saber que Luana deixaria o filho para trás em busca de seguir seus sonhos, é certo que não devemos deixar nada interferir no que realmente queremos, mas existem situações que precisam ser repensadas e até mesmo adiadas. Fiquei curiosa em relação ao desfecho da trama.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Glaucia, este realmente é um ponto sobre a Luana, mas isto é bem retratado no livro, por isto que não pude falar mais nada sobre isto na resenha!

      Excluir
  19. Olá!!

    Esse não li, mas li A Bandeja, e amei!! A autora apesar de colocar muito ponto de vista evangélico, faz isso com sutileza e transforma a leitura em algo muito profundo! Ela é ótima com reflexões, aborda temas muito comuns e importantes!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  20. Interessante esse plot onde tem o questionamento de valer ou não a pena fazermos coisas pelos outros pra não perdê-los. Acho que é um dúvida que muitas pessoas tem, e acredito que muitas já passaram por isso em algum momento da vida. Não conheço nenhum livro da autora, e é a primeira vez que ouço falar dela, bom que seja algo positivo.


    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  21. Olá,

    Nunca li nada da autora e nem tinha vontade de ler, já vi esse livro diversas vezes na livraria, mas nunca nem parei para ler a sinopse.
    Gostei muito da sua resenha e pretendo ler o livro, li alguns comentários acima e notei que algumas pessoas gostaram, porém sentiram falta de algo mais, isso me deu ainda mais vontade de ler para poder tirar minhas próprias conclusões.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Eu gostei do livro mas não fiquei assim tão empolgada com ele não. Acho que de tanto ouvir falar da Lycia eu acabei esperando mais do que deveria do livro. Gostei da Alice e de todo o lance de que fugir não resolve nada e que, as vezes, precisamos de ajuda. Mas a amiga dela largar tudo, até o filho? E depois ficar tudo bem? Não sei se curti isso...rs
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Lica, na verdade tem muito mais na história que não pude colocar na resenha. Por isso que vale a pena entender isto tudo.

      Excluir
  23. Adorei saber que é uma leitura rápida e sem enrolação. Tenho o livro em casa e também nunca li nada da autora, mas ano que vem mudo isso!
    A trama me empolgou bastante. E sua resenha só contribuiu.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  24. Oi!
    Eu até tenho o primeiro livro da autora, mas ainda não li por ter uma carga religiosa muito grande no livro, e ultimamente não estou gostando de leituras assim.
    Mas esse novo livro dela parece ótimo, com um tema muito importante que é até onde devemos colocar os outros em primeiro lugar.
    Espero poder conhecer essa obra da autora, porque parece realmente linda ;)

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você. Não gosto de livros muito religiosos, já que acredito em diversas coisas.

      Excluir
  25. Oi! Eu nunca li nada da Lycia, foi uma total novidade conferir sua resenha. De início a trama me pareceu um pouco confusa, mas as suas considerações conseguiram esclarecer.

    Essa questão de a mulher ser independente e não precisar de um marido e tudo mais é um assunto que rende bastante, mas lendo sua resenha eu lembrei de algo que ouvi ontem. Se casar é saber que você pode ser feliz sozinha, mas ainda assim escolher alguém para ser feliz com você. Espero que a Alice tenha tido um final feliz depois de tantos problemas. rs

    bjs - Sonhos em Tinta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, mesmo sabendo que podemos ser felizes sozinhas, podemos ser felizes com outra pessoa também!

      Excluir
  26. Olá! Achei bem interessante a premissa do livro. Achei a história bem delicada. Gostei do drama que envolve a personagem e das reflexões que o livro pode nos trazer. Não conhecia a obra e nem a autora, aparenta ser um leitura interessante, beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Li uma trilogia da Lycia e acabei não gostando muito, simplesmente porque a religião era presente até demais na história e não gosto de livros que parecem tentar me converter. Mas já tinha ouvido falar que nesse livro isso não acontecia, e pela sua resenha tive a impressão de que é verdade. Esse primeiro capítulo com certeza ia me deixar extremamente curiosa para continuar a leitura, e gosto muito de livros que nos colocam para pensar, e pelo jeito a autora tocou em temas muito importantes, como a codependência e a importância da ajuda dos amigos e de encarar as situações que se apresentam a nós, mesmo que sejam difíceis de enfrentar.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  28. Ei Greice!
    Já vi esse livro em algum lugar e tive a mesma impressão de agora, a capa é linda! Mas o enredo me da uma preguiça de conhecer os personagens.... feio falar isso ne? hahaaha ah, mas ta dificil achar livro bom desse gênero menina! Eu não consigo gostar!
    Mas a dica é válida, muitas amigas minhas curtiram tb!
    bjsss
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Decidir o que é bom ou não para nossas vidas o que queremos ou não as vezes pode ser difícil e no momento estou tendo que tomar tantas decisões que se eu ler esse livro estou lascada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  30. Olá flor, tudo bem?

    Nunca li nada da autora, mas conheço Bandeja por várias resenhas que li. Esse livro ainda não conseguiu me chamar para a leitura, gosto do tema amizade que é abordado, mas ainda não me senti afoita pata tê-lo em mãos e começar logo a leitura. Mas ano que vem tudo pode mudar e quem sabe não me anime.

    bjs

    ResponderExcluir
  31. Oi Greice !! Eu sou apaixonada pela narrativa da Lycia,ela emociona,cativa e nos faz refletir,li quase todos os outros livros dela e sei que vou me emocionar durante a leitura. Nesse livro os personagens são mais maduros mas pela sua resenha a profundidade e a emoção continuam presentes no texto.

    Vou correndo atrás desse livro... ele será uma das minhas primeiras leituras de 2016.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Bianca, este é o primeiro livro que leio e amei, os outros ainda não li, mas espero ter a oportunidade em breve!

      Excluir
  32. Oi Gre,
    Acho que estou ficando velha, jurava que já tinha comentado aqui kkkk.....bem ler esse post me lembrou da promoção lá no IG, vou lá participar. E pelas suas palavras a leitura parece tão boa quanto A Bandeja, que tem um fundo bem religioso, mas um religioso bom de ler.
    Fiquei bem curiosa com a leitura, pois fiquei pensando no que a personagem passou.

    Beijos Elis
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos