10 setembro 2015

33

Eu Estive Aqui - Gayle Forman! Resenha #254! Editora Arqueiro



Cody mora em uma pequena cidade com não mais de 16.000 habitantes. Desde que era pequena tinha como sonho terminar os estudos do ensino médio e ir para Seatlle estudar em uma grande faculdade. Tricia, sua mãe, a ensinara desde muito cedo o que era se virar completamente sozinha, pois também era mãe solteira. Cody não conheceu o pai e sua mãe evitava de todas as formas falar sobre ele e argumentava que se ele nunca quis participar da vida dela até aquele momento, não valeria mais a pena sofrer por aquilo.

Meg é a melhor amiga de Cody desde a infância. Seus pais e seu irmão foram como uma segunda família para Cody já que ela vivia sozinha enquanto sua mãe trabalhava para sustentá-la e elas planejavam sair juntas da cidade e conhecerem tudo juntas. 

Quando Cody recebe um e-mail de sua melhor amiga pedindo desculpas por ter cometido suicídio, ela percebe que talvez tenha deixado alguma coisa de errado acontecer. Não conseguiu realizar o sonho de ter ido junto para Tacoma com a amiga por maiores complicações e precisou ficar e trabalhar como faxineira para guardar dinheiro. Tinha desistido de seu sonho e ainda depois de tudo um grande inferno caía sobre suas costas. Como poderia sua amiga ter feito isso com ela sem pedir ajuda?

Ben McCallister é um guitarrista que busca suas próprias respostas da vida. Meg fazia parte de sua vida e ele estava tentando entender a quantidade de e-mails que ela estava mandando ou o que ela não estava entendendo das mensagens que ele tentava repassar a ela. Seus colegas estranhavam algumas de suas atitudes e mais ainda quando a sua melhor amiga apareceu questionando sobre uma pessoa que nem sequer era aquela Meg. Foi ali que Cody conheceu o garoto que talvez tivesse mais respostas a dar do que alguém então tivera.

E junto com o notebook de Meg, um presente dos pais dela, Cody descobre um segredo muito perigoso e cruel que pode ter ajudado sua amiga ao estado que agora se encontrava.



Autora: Gayle Forman
Título Original: I Was Here
ISBN: 9788580414233
Páginas: 240
Ano: 2015
Gênero:  Drama / Ficção
Editora: Arqueiro








Minha primeira felicidade sobre Eu estive Aqui é saber que é um livro único e que, desta vez, Gayle Forman não faria como das outras vezes em que coloca a visão de outro personagem em um segundo livro. No caso da autora não consigo ficar feliz com as continuações que ela concretiza e ter este livro solo foi uma ótima realização.

A segunda felicidade foi ver que a autora traduz nesta versão um fato que considero muito importante para o público que ela costuma alcançar, principalmente os jovens: a questão do suicídio. Hoje em dia muito mais do que podemos imaginar este é um assunto bastante complexo já que os jovens precisam enfrentar muito mais batalhas pela aceitação da sociedade em tabus que antigamente não precisariam se preocupar e que a mídia ajuda a criar uma imagem: o corpo perfeito, a profissão perfeita, um casamento ideal e por assim vai.

Em Eu Estive Aqui nós podemos ver um pouco do que a questão do suicídio e da falta de informação pode causar em uma família. A personagem de Cody acredita que Meg é um ser forte e que pode sobreviver a qualquer acontecimento, principalmente por ter uma família unida e completa. E mais ainda que as duas estejam um pouco afastadas já que traçaram um caminho diferente em relação aos estudos, Cody ainda acredita que a amiga esteja muito mais feliz por estar em uma nova vida.

A relação que a autora cria em colocar um assunto e mais ainda em indicar uma polêmica como consequência do ocorrido faz criar um alerta. Não há como eu citar neste momento o que é para não tirar as grandes surpresas, mas, é bom sempre analisarmos as pessoas que estão ao redor das pessoas que gostamos já que isto sempre vai influenciar de alguma forma e Gayle utilizou isto para repassar uma grande lição.

A ligação de Ben, um amigo de Meg e Cody acabou ficando um pouco em desvantagem ao me ver, mas que acabou criando um laço de fortalecimento em apoio as respostas que ambos buscavam. Preferia que a história tivesse outro final em relação a ambos, mas a característica dos personagens foi bem estruturada.

Se você for imaginar o livro como uma grande criação e ler com expectativa de um mega romance vai ficar um pouco decepcionado. O livro trata de um assunto sério, que merece atenção e um espaço em toda estante literária. Desta vez Gayle Forman surpreende pela beleza de uma experiência dolorida.



Aproveite a oportunidade e nunca deixe de conversar com seus amigos e parentes se estiver precisando de ajuda. Sempre há caminhos melhores que a morte!





33 comentários:

  1. Olá linda! Retribuindo a visita amor!

    Adorei seu blog e já o estou seguindo!

    Bjss

    ResponderExcluir
  2. Oi Gre,
    Eu gostei da leitura, mesmo tendo pegado um spoiler, eu entendi a mensagem que o livro passava. As vezes ocultar algo das pessoas que são importantes, pode criar um dano futuro. Belas palavras e realmente temos sempre de ter alguém com quem cotar.

    Dia mundial de prevenção ao suicídio é importante, todos temos de saber que a vida é preciosa, não importa as dificuldades, temos de ultrapassá-las para que tudo fique melhor.

    Beijos Elis - http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo pegado um spoiler. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Eu lembro desse esquema. Vou te deletar do meu Whats. huahauhauhaa

      Excluir
  3. eu ja li, mas sabe aquela história que te marca que você não consegue expressar bem em palavras?
    a autora tem o poder de tratar de questões tão forte com um jeito singelo, ao mesmo tempo que trabalha sentimentos em seus personagens, desperta reações no leitor!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Thaila. Achei muito importante ler este livro tanto para aprender quanto para entender mais até as outras pessoas.

      Excluir
  4. Olá,
    ainda não li nenhum livro da autora. Mas eu quero muito ler! Estou apenas esperando eu virar rica para comprar! kkkkk
    Adorei o post!
    beijos.
    sonhardevaneios.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, se eu esperar ficar rica vou morrer querendo ler.

      Excluir
  5. Oi Greice!
    Ainda não li nenhum livro da autora, mas já fico aliviada só de saber que esse é volume único.
    A história é bem complicada, não sei o que eu faria se uma amiga se suicidasse. Concordo com você, é preciso conversar com os parentes e amigos e se mostrar disponível para ajudar sempre que possível.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sora. Sim, acho que informação é muito importante. Já conheci gente que se suicidou e para quem fica acho que é mais cruel ainda.

      Excluir
  6. Oi Greice, tudo bem?

    Eu fiquei surpresa com este livro, os demais livros da autora que li até agora não me cativaram tanto, mas este foi muuuito superior, ele não lembra em nada os livros anteriores, nem parecceu ter sido escrito pela Gayle, rsrs. Adorei a leitura apesar do tema forte, achei muito bem escrito.

    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Vanessa, os outros eram mais romance né, cheios de amor e tudo o mais, este é mais um suspense,

      Excluir
  7. Oii

    Ainda não li nada da autora, tenho muita vontade mas sempre deixo pra depois. Adorei a resenha!

    Beijos!

    Cintia
    http://www.theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. AAAAAH, gente o que foi essa história?Quando chegou ao final, eu fiquei tipo UOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOW HAHAHAHA. Sério, nunca tinha lido nada da autora e a história toda me surpreendeu.O suspense meio romântico, meio reflexivo.Sério.Amei :)

    Gostei da sua resenha, mostra bem o que sentiu na hora de se aprofundar na leitura rs

    beeijos ^^
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Carol e é bem assim mesmo. No final tem uma coisa fantástica mesmo né, quando ela percebe algumas coisas. Também amei!

      Excluir
  9. Olá Greice ! Tudo bem :)
    Adorei a resenha '-'
    Não tem como não se interessar por esse livro depois de tudo o que você falou que ele contêm. Assim que der, eu quero ler ele com certeza.

    http://www.febredelivro.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Greice, tudo bem?

    Eu não gosto dos livros da Gayle e não gosto de livros que falam sobre suicídio. De uns tempos pra cá foram lançados vários...não curto, fico mal.
    Apesar disso, entendo a importância de debater o tema.

    Que bom que você gostou da leitura!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamires. Acredito que a gente deva ler o que nos faz bem realmente. Mesmo que seja um tema importante, existem vários diferentes que podemos ler! :)

      Excluir
  11. Oi Greice!
    Apesar de serem bem famosos, nunca me interesso pelos livros desta autora, infelizmente. Mas gostei da resenha, parece passar uma mensagem muito bacana. :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se preocupe. Há autores pelos quais também não me interesso Daniela, acho que vai do momento.

      Excluir
  12. Olá, Greice.
    Nunca fui muito chegada na escrita da autora, mas fico feliz em saber que esse livro se difere dos outros tanto na temática como no fato de não ter continuação. Adorei sua resenha, ela está muito completa, parabéns.

    Blog Entretanto

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Eu sou apaixonada por esse livro e pela escrita dessa mulher, são simplesmente incríveis. Apenas um dia dela começou a me encantar e esse firmou ela como uma das autoras contemporâneas que mais gosto <3.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, olha que fico feliz Inês. Ela ainda me deixa meio a meio na opinião. Mas desde que ela lance um só livro, fico feliz!

      Excluir
  14. Oie,
    vi muito este livro por ai, mas não tinha lido uma resenha.
    Parece ser bem legal.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá Greice,

    Esse livro está na minha lista de desejados, todas as resenhas que leio sobre ele são positivas e só aumentam a minha curiosidade, espero poder ler em breve...ótima resenha....bjs.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Greice, sua linda, tudo bem
    Você me deixou bem impressionada com a sua resenha, sabe, se criaram um dia para prevenir sobre o suicídio, é porque o assunto está mais sério do que eu pensava. E ultimamente, tenho percebido que o número de livros falando sobre esse assunto aumentou. Essa autora é muito sensível, gosto da forma como ela conta histórias, não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila, acredito que quando alguém comete o suicídio é porque chegou em um momento bem difícil mesmo. Ainda bem que há livros assim.

      Excluir
  17. Oi Greice,
    Eu até gostei de 'Se Eu Ficar', mas esse livro aparenta ser bem melhor.
    Gostei do assunto que envolve..e autora gosta de assuntos mais sensíveis né.
    HAHA ainda bem que não tem continuação p.o.v haha to rindo com isso!

    Ótima resenha.

    bjs e tenha uma ótima quarta.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha. Mas é né Nana. Tem momentos que ler continuações não leva a nada.

      Excluir
  18. Ooi, tudo bom??
    Adoro essas capas e fiquei bem interessada quando percebi que fala de suicídio, amo livros que sabem tratar o assunto na narrativa. Também não curto quando o autor faz uma sequência, com a perspectiva de outro perosnagem.
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos