08 junho 2015

16

Uma Curva no Tempo - Dani Atkins! Resenha #238! Editora Arqueiro


Nada mais comum do que um grupo de amigos que aos 18 anos está se preparando para ingressar na faculdade e partir para os sonhos maiores. É isso que Rachel e seus amigos já estão comemorando. Ela tem o sonho de se tornar uma grande jornalista e sabe que seu namorado há dois anos, Matt, vai seguir os passos dos negócios da família. 

Em um jantar para comemorar o grande feito de todos, eles se reúnem em um restaurante. A sua frente senta seu melhor amigo Jimmy que joga toda a sua atenção para o que Rachel fala e que sempre causa um poço de ciúmes em Matt. 

Quando tudo estava correndo na maior alegria uma van desgovernada vai em direção ao restaurante e em segundos todos percebem que vai bater diretamente na janela onde os amigos se encontram. Todos saem correndo, menos Rachel que se encontra trancada no local que escolheu. Quando o veículo atinge o local tudo parece escuro e Rachel sente que alguém a salva. Mas ao olhar para trás identifica que alguém ficou para trás: seu amigo Jimmy. Salvou sua vida mas não conseguiu sair vivo.

Após cinco anos, com uma cicatriz no rosto e com o coração totalmente destruído, Rachel tem todos os seus planos guardados, já que jamais conseguiu se consolar por tudo o que ocorreu. A culpa a corrói dia e noite. Agora ela precisa voltar para o casamento de sua amiga Sarah. Mesmo tendo deixado Matt para trás e tudo o mais, ela precisa enfrentar um grande desafio.

Rachel precisa olhar nos olhos da família de Jimmy, ir até seu túmulo e tentar se perdoar, mas quando tudo for acontecer o mundo dará outra chance para ela.


Autora: Dani Atkins
Título Original: Fractured
ISBN: 9788580414134
Páginas: 240
Ano: 2015
Gênero: Ficção / Romance / Drama
Editora: Arqueiro










Ainda estou com o coração abalado! Ainda estou com a lembrança das lágrimas que rolaram quando o livro estava terminando. Ainda lembro que desejava que houvesse mais e mais páginas em que tudo aquilo que estava sendo narrado tivesse continuação mesmo sendo tão perfeito. 

Uma Curva no Tempo foi uma bela aposta da Arqueiro para a publicação da Dani Atkins e tenho certeza de que não vou estar mentindo se disser que muitos leitores foram jogados ao interesse primeiramente pela capa do que pela sinopse. Eu mesma fiquei um pouco perdida quando a sinopse mostrava pouca coisa. Mas sabia que tinha algo que seria capaz de mover sentimentos gigantes.

De início posso dizer que a história parecia que se tornaria um clichê, já que uma turma de adolescentes estavam se despedindo para se jogar na fase adulta. Nunca li nada da autora então sequer fazia ideia se a forma de escrita dela poderia me entreter. Até que a reviravolta foi o ápice.

Lembro que fiquei conversando com algumas pessoas no grupo do Whatsapp da Arqueiro, pessoas estas que estavam lendo também este livro e a reação era mesma que a minha. Como podia? O que aconteceria? O que viria a seguir? A cada virada de página um mistério maior ia surgindo e então eu não conseguia sequer parar de ler. Em um momento a protagonista que sofreu com a perda de seu melhor amigo e se sente totalmente culpada por isto luta para seguir em frente e em outro está revivendo momentos como se nada tivesse acontecido, como se fosse uma segunda chance. A questão é que a única que lembra de todo o passado é Rachel e isso é totalmente intrigante.

São duas histórias diferentes no mesmo livro. Na verdade são duas histórias com os mesmos personagens, mas que levam a dois finais diferentes. A magia que acontece é que nas duas há opções boas e ruins e sempre há algo a se perder mas a pergunta que se faz é: a que ponto se perde algo de verdade?

Eu fiquei fascinada pelo fim. Acredito que não poderia ter tido um fim melhor e honestamente se fosse comigo, seria o fim que eu desejaria. 

Quantas possibilidades você quer ter para perceber que está fazendo a coisa certa?

Não perca a possibilidade de ler Uma Curva no Tempo. Além de ser uma grande obra da literatura é também uma obra de amor.











16 comentários:

  1. Oi Greice , tudo bem ?

    Quem leu este livro no blog foi a minha colunista Aline que teve uma opinião em diferente da sua , ela achou o livro bem morno e previsível agora lendo a sua me deixou na dúvida se irei gostar ou não. Me parece ser meio confuso esses dois finais me lembrou aquele filme Efeito Borboleta e que por sinal não gostei muito mas já tenho o livro na estante só falta achar um momento mais propício para ele !

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu lembro de Efeito Borboleta e para mim foi um super filme. Mas não é parecido com ele. Acho que tem um efeito bem diferente porque ela não tem muita escolha sobre o que acontece. :)

      Excluir
  2. Oie =D

    Adorei vir aqui e conferir sua resenha <3 Estava super curiosa sobre este livro, e, pra falar a verdade, um pouco receosa de ser mais do mesmo, e um tanto clichê. Mas que ótima surpresa ao descobrir que não é! E parece ser lindo! <3 Já estou super curiosa para ler! Quero para ontem!


    Beijos,
    Livy
    nomundodoslivros.com

    ResponderExcluir
  3. Linda resenha Greice. O livro parece ter uma história linda e que mexe com a sensibilidade do leitor. Desde que vi o lançamento que estou a fim de ler. Assim que tiver uma oportunidade irei conferir.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez eu seja sensível demais, mas amei muito a história porque é algo que pode acontecer de uma forma mais dramática.

      Excluir
  4. Greice, que resenha linda!!
    Faço parte do grupo que foi fisgado primeiramente pela capa, mas ao ler sua resenha coloquei o livro no topo da minha lista de desejados. Acredita que consegui me emocionais só de imaginar o que ela deve ter passado ao voltar e ter que enfrentar a dura realidade? Agora, saber que ela teve uma segunda chance torna a premissa ainda melhor. Preciso ler esse livro!!!
    Beijos querida,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que bom que despertei esta curiosidade! Fico feliz com isso!

      Excluir
  5. Oi Greice,
    Não tinha ficado muito interessada nesse livro a princípio. Apesar de nunca ter lido livros que tem essa jogada com o tempo, eu tinha um pequeno interesse que acabei deixando para trás com o passar do tempo.
    É a primeira resenha que leio sobre esse livro e fiquei bem interessada na história. A forma como você falou me fez pensar que esse livro é cheio de reviravoltas e essa tensão de não sabermos o que esperar depois com certeza me deixa interessada ainda mais!
    Adicionado na lista de desejados =]

    Beijinhos
    Daisy - nuvemdeletras.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Greice!

    Que resenha linda! Me emocionei... Esse livro parece ser emocionante e tô me preparando psicologicamente pra ler. Toda blogosfera está comentando esse livro e ainda não encontrei uma resenha negativa.
    Quero muito ler em breve!

    Beijos!

    Cintia
    http://www.theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cintia, encontrei umas pessoas que não curtiram o fim, mas é normal. Espero que você se apaixone por ele.

      Excluir
  7. Oi Greice, simplesmente adorei a resenha e fiquei super curiosa para saber como essa história se desenrola. Parabéns por conseguir envolver as pessoas em suas resenhas. Beijos e bom domingo.
    Evani

    ResponderExcluir
  8. Este livro deve ser emocionante, até me arrepiei em ler a resenha, não sou muito fã de tragédias, mas desde que tenha um bom enredo acho que é válido..


    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  9. Aiii Greice, eu to looouca por esse livro!!
    Confesso que a capa não me chamou muito atenção, e resenha só um pouco.
    Mas resenhas que li dele, ameeeeei!!!
    Me prenderam totalmente, to ansiosa para lê-lo!!
    Preciso, e logo! rsrs
    bjãooo

    ResponderExcluir
  10. Uau, Gre, só com as suas palavras todo mundo que passou aqui deve ter ido atrás do livro. Amo suas resenhas e não falo só porque sou sua amiga e sim porque é verdade. Se eu não gostasse ia dizer, ha que legal. KKKKK...sério eu também queria aquele final para mim, mas acredito que teria feito coisas diferentes. Achei lindíssima a história, pois ela nos toca de uma maneira incrível. E não sei a que ponto se perde algo de verdade, creio que seja, quando esse algo faz uma falta que não podemos suprir.

    Beijos Elis!!!

    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, ainda bem que tu gostou do final senão ia ficar decepcionada contigo ne. hahahahaha. Mas eu também creio que talvez teria feito algo diferente do que aconteceu, mas para mim foi perfeito.

      Excluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos