28 abril 2015

11

Mar de Tranquilidade - Katja Millay! Resenha #231! Editora Arqueiro


Nastya Kashnikov tem 17 anos e está indo morar com sua tia para começar o último ano de seus estudos em uma nova escola e em uma nova cidade. Após um grave acontecimento que fez com que Nastya perdesse seu maior sonho de vida e a levasse ao fundo do poço, ela precisa encarar tudo de uma forma corajosa e apesar de tudo isso não consegue imaginar uma forma de agir além de se manter calada desde que se lembrou do que aconteceu naquele dia fatídico.

Nastya não fala. Somente se comunica através de gestos ou palavras em papel. Também utiliza roupas que façam com que as pessoas tenham a pior impressão dela e para que ninguém chegue perto ou tente uma amizade. Já saiu de casa para parar de decepcionar sua família fazendo-a imaginar que vai melhorar. É só mais um ano e tudo o que sua mente deseja é encontrar o culpado de tudo aquilo.

Josh é o garoto que também perdeu muita coisa. Na verdade agora também está perdendo seu avô e desde pequeno tem perdido todas as pessoas em sua vida. Já se acostumou a viver sozinho já que a morte é uma constante que arrasta as pessoas como a chuva arrasta a sujeira das ruas. Tem poucos amigos e a família de Drew, seu louco amigo que gosta de gabar com as garotas é que o conforta e é o mais perto de uma família completa que ele já teve.

Mas as pessoas não foram feitas para ficarem sozinhas ou solitárias ou talvez os caminhos sejam feitos para se cruzarem de uma forma específica. Nastya não deseja se conectar com ninguém e Josh parece ter uma campo em volta de si que repele as pessoas. E é neste contexto que aos poucos Nastya vai encontrando uma abertura para ficar na presença de Josh, ali, calada, sem precisar exprimir qualquer tipo de opinião ou palavra.

Mas os segredos um dia precisam ser revelados. Um mistério e um culpado precisam ser presos e o mundo cheio de dor que está no coração de Nastya pode não aguentar a verdade que vier. Uma mistura de medo, pânico e perdas que se misturam em busca de uma saída.




Autora: Katja Millay
Título Original: The Sea of Tranquility
ISBN: 9788580413250
Páginas: 368
Ano: 2014
Gênero: Ficção / Romance
Editora: Arqueiro









Não sei como chegar a uma conclusão suficiente a uma história como a da autora Katja Millay. demorei para iniciar a leitura pois a sinopse me passava uma ideia de algo dramático, triste, profundo e ainda imaginava que não era o momento para me jogar neste mar. Apesar de se tratar de um romance, a concepção de perdas é como um lago gigante em que os personagens ficam submersos em tantas dores e sofrimentos que você deseja que a luz do fim do túnel esteja lá, a todo o momento.

Um grave acontecimento ocorreu com Nastya, a personagem principal e por esta questão tudo mudou em sua vida, desde o momento em que ela não se recordava do fato mas ficou um grande tempo em recuperação, até o fato em que se recordou e então parou de se comunicar com as pessoas e assim partiu para morar com sua tia. 

A amplitude que a autora utiliza para dissertar sobre este acontecimento da personagem é magnífico já que não coloca a mesma sobre um véu de vitimização, mesmo sabendo do que ocorreu, mas de um drama em que a mesma tenta de toda a forma sair e procurar outras formas de conviver.

Já em contrapartida, o personagem tem um ângulo mais forte, pois já convive com a dificuldade das perdas há muito mais tempo, porém não consegue entender a personagem pelo fato de não ter tanto contato ou conversas e experiências sobre o que aconteceu com ele. 

Parece que as coisas vão se encaixando aos poucos e na verdade é mais como um casulo, uma união que está propensa ao fracasso pelo medo da vitória. E é isso que a autora consegue juntar e tratar aos poucos: os problemas e traumas que dos adolescentes não conseguem resolver. A dor, o trauma e o medo de perder o pouco que sobrou e como todas as coisas são passíveis de solução.

É uma grande obra, dotada de grandes momentos. Uma lição de vida que não deve passar despercebida se não para ser usada como exemplo para si próprio, então para os amigos e afins.










11 comentários:

  1. Já li esse livro e adorei, também pensava que era algo dramático e demorei um pouco pra começar a leitura. Adorei sua resenha!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Greice,
    Já li ótimas críticas sobre esse livro e sua resenha só confirmou minha vontade de ler.
    A carga emocional parece ser intensa e o mistério parece nos prender as páginas. Quero muito ler!!!
    Beijos e boa semana!

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Greice,
    Gostei muito da resenha, e fiquei curiosa para ler.
    Boa semana, quase final dela, então...ótimo final de semana.
    bjs :)

    ResponderExcluir
  4. Oi Greice,
    A capa desse livro sempre me chamou a atenção. Gostei muito dessa história, sem dúvidas estou adicionando a lista de desejados! Parece ser uma história incrível e muito bonita, além de tocante e com muita emoção!!

    Beijos
    Daisy - nuvemdeletras.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o legal da capa é que tem um duplo sentido em que fala exatamente o livro. É bastante tocante.

      Excluir
  5. Olá!

    Menina, já li varias resenhas, a capa e sinopse não me chamaram atenção de inicio, mas as resenhas são mais do que chamativas =D
    Parabéns pela resenha e amo estas lindas história de vida que causam reflexão e emoção.

    Beijos!
    De tudo um pouco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Tamiris, a história é tão boa sabe, tem momentos reais e chocantes que a gente fica paralisada em alguns momentos.

      Excluir
  6. Oi Greice,
    Na época do lançamento do livro eu realmente não havia ficado interessada nele, mas os comentários positivos me deixaram bem animada , sem falar que fiquei curiosa para descobrir mais sobre o mistério que envolve a protagonista.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marla, pois é. Eu também fiquei mais ou menos como você, mas depois que li fiquei fascinada. Ainda bem que não perdi mais tempo!

      Excluir
  7. Oi Greice, mais uma bela resenha.
    Eu já ouvi muito comentários favoráveis ao livro, e já li várias resenhas elogiosas, mas ainda não fui fisgada por ele.
    Está aqui na lista de desejados, pois qualquer hora me decido pela leitura.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos