19 março 2015

16

Uma Questão de Confiança - Louise Millar! Resenha # 227!


Callie não é uma mulher tradicional. Na verdade, agora ela mora em um pequeno apartamento em Londres e está desempregada há bastante tempo. Desde que seu casamento terminou, sua única atenção está voltada para Rae, sua filha que tem uma problema cardíaco e que exige muita atenção. O pai da menina e ex-marido de Callie viaja o mundo para filmar lugares exóticos e passa poucas semanas com a filha, o que acaba causando maior tensão ainda entre eles já que Tom coloca a culpa sobre tudo o que acontece em Callie.

Suzy é a vizinha e melhor amiga de Callie. As duas possuem quase a mesma idade, mas Suzy é americana e conheceu seu marido Jez em uma viagem que ele fez à negócios. Agora ela é mãe de três meninos e esta é a função dela, cuidar de seus garotos enquanto o pai trabalha sem parar e quase não para mais em casa.

Debbie e seu marido Allen estavam morando ao lado da casa de Suzy na Churchill Road há poucos dias. Debs tentava se recuperar do escândalo que sofreu na escola em que lecionava e que acabou com parte de sua vida. Agora tinha medo de muita coisa e parecia que todos tentavam conspirar contra ela. Não era o que ela desejava para o seu casamento que tinha poucos meses de vida e temia que Allie a abandonasse. Estava se esforçando ao máximo para que seu pânico não tomasse conta das suas horas terríveis e até era voluntária na escola em que os filhos de Suzy e Callie estudavam.

Mas coisas estranhas acontecem. E segredos precisam ser guardados a sete chaves. Segredos muitas vezes macabros. Até que fatos ruins começam a acontecer e ninguém sabe o que realmente pode estar tão próximo do perigo. Em quem confiar quando tantas pessoas são ao mesmo tempo suspeitas? Ou de quem suspeitar quando todas as pessoas envolvidas guardam um segredo?


Autora: Louise Millar
Título Original: The Playdate
ISBN: 9788581631936
Páginas: 384
Ano: 2013
Gênero: Ficção / Thriller
Editora: Novo Conceito









Faz tempo que este livro estava na minha lista de desejados até que consegui emprestado. O enredo e a capa me chamou a atenção e até confesso que depois que peguei emprestado fiquei na dúvida se lia ou se esperava um pouco. Até que me vi envolvida nesta trama alucinante. E por qual motivo eu falaria isto? Vamos aos fatos!

Louise Millar teve uma ideia coerente em sua história. Conseguiu capturar aos poucos a minha atenção. De início fiquei só naquela perspectiva de que seria um livro legal, com algum suspense pueril e que teriam cenas um pouco mais avançadas e tudo o mais. Na verdade o que a autora consegue é entrelaçar diversas vidas em uma trama bastante contundente.

De início posso dizer que tudo se baseia na pequena Rae, filha de Callie. Ela é o centro da história. Só pelo fato de ela ter um problema cardíaco e depender de muita atenção já é um fato questionável e que gera tensão. É uma garota que consegue fazer tranquilamente todas as atividades, porém com mais zelo que as crianças comuns. O legal é o vínculo que vai sendo criado entre os personagens além de Rae, que até então está tudo muito bem elaborado.

Após conhecer diversos personagens, você conhece um pouco mais do lado sombrio de cada um e vai tecendo uma suspeita além do convencional. Mas o que se imagina é que todas as pessoas sempre guardem seus segredos mais sombrios certo? E é aí que vem o passo bom da história. Todos tem um lado que se liga a tudo e ao mesmo tempo você não sabe realmente quem é o bom ou quem é o mal da história. Até que coisas incoerentes começam a acontecer. E é então que a tensão paira totalmente no ar. Ponto para Louise Millar. A partir daí eu já não conseguia mais confiar sequer na sombra de quaisquer personagens que estivesse em ação.

Os capítulos são divididos entre Callie, Debbie e Suzy e cada uma coloca seu ponto de vista em cada fato da história. Você vai pensar que as pessoas são totalmente insanas para conseguirem fazer o que a autora colocou na história e admito que parece uma grande loucura, mas acontece também na vida real. 

Fiquei um pouco temerosa pelo final. Esperava algo um pouco melhor, não que tenha sido insatisfatório. Mas digamos que não foi em seu todo grandioso. 

Porém é um livro com uma grande mexida psicológica e que faz você pensar se realmente pode confiar em quem está ao seu lado e até que ponto você chegaria para conseguir o que você precisa. Já pensou nisto?









16 comentários:

  1. Olá Greice,
    Pela capa eu não imaginaria que este livro tivesse tanto suspense. Estou em uma "onda" de querer ler livros assim e essa foi uma boa dica! Já vou colocá-lo em minha lista!!
    Beijos,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bárbara, eu também não imaginei que fosse assim o livro. Me surpreendi!

      Excluir
  2. Oie Greice =)

    Na época do lançamento esse livro foi até bem comentado, porém infelizmente ele não me chamou a atenção.

    Ele parece ser um livro bem denso mesmo, do tipo que toca em assuntos complexos. Mas, mesmo assim não me sinto empolgada para me arriscar na leitura.

    Beijos e um ótimo final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Ane, não me lembro muito do lançamento na época, mas ainda bem que consegui ler agora. Precisei me jogar no meio de tantos lançamentos bons.

      Excluir
  3. Gente, mas quantos segredos nesse livro.... Minha cabeça quase deu um nó, só de ler as implicações da trama, hehe. Geralmente esse não é meu estilo de livro, mas confesso que fiquei bem curiosa a respeito dessas mulheres.... uma pena que o final não tenha sido tudo o que vc esperava. Mas ao menos a jornada parece ter sido boa, né?!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suelen, realmente é bem assim. Como é um tipo de suspense, até tomar uma narrativa completinha a sua cabeça vai ficando meio cheia de buracos até completar tudo mesmo!

      Excluir
  4. Oi Greice

    Tenho esse livro há muito tempo na minha estante e lembro que assim que ele chegou pra mim fiquei super empolgada pra ler, depois outros livros foram chegando e eu fui deixando ele para depois até que esqueci.
    Sua resenha despertou novamente meu desejo de lê-lo. Adoro histórias que nos deixam naquele suspense, desconfiando de todo mundo.
    Que pena que o final não foi tudo que vocês esperava, mas pelo jeito ele pelo menos não decepciona de todo.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ca, não entendo também porque às vezes o final deixa a desejar. Posso citar outros livros assim, mas fazer o que. O importante foi que valeu a pena o restante!

      Excluir
  5. Oi Gre,
    Nossa pelas suas palavras mesmo com um final meio fraco, fiquei bem interessada, adoro um suspense e a leitura parece prender. Fiquei curiosa para saber os tais segredos e o que os personagens fizeram. Obrigada pela dica. Bjos Elis!!!

    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada né amiga e quando quiser eu te devolvo o teu livro, eu acho....

      Excluir
  6. Oi Greice!
    Quando vi a capa desse livro, pensei que era um romance! Não fazia ideia de que era uma história cheia de mistérios e suspenses.
    Sua resenha me deixou com vontade de ler!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, sabe que agora fiquei pensando se eu imaginaria que poderia ser uma capa de romance e acredito que não. mas as capas enganam demais né.

      Excluir
  7. Oi!
    Tenho esse livro, mas ainda não o li.
    Gosto de um suspense e espero não me decepcionar.
    Bj!
    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gladys, acho que você vai gostar. É uma boa trama.

      Excluir
  8. Acho este livro bem intenso. Quando li ele - faz tempo, fiquei pensando em tanta coisa sobre confiança que aconteceu em minha vida..Mexeu bastante comigo.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Helena, você fica pensando em como qualquer pessoa pode quebrar sua confiança a qualquer momento.

      Excluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos