11 março 2015

13

O Melhor de Mim - Nicholas Sparks! Resenha #225!


Amanda Collier é adolescente quando conhece Dawson Cole na escola. Todo mundo sabe sobre a reputação ruim dos Cole. Sua família é a que coloca a "ordem" de maneira ruim na cidadezinha de Oriental e ninguém quer se envolver com um bandido. Mas Amanda não tem este receio já que sabe que Dawson não está para este lado da família. O maior problema é sua família que é rica e não aceita um sujeito como ele para seu futuro.

Dawson saiu de casa para tentar algo melhor para seu futuro. Para evitar ter que ser um bandido igual a seu pai, vai para a casa de Tuck, um mecânico que aceita  a ajuda do jovem por alguns dólares. Mas Dawson acaba morando na garagem do local por não ter onde ficar. Aos poucos Tuck e Dawson vão se tornando amigos, já que Tuck também é solitário depois que sua esposa faleceu.

Em uma noite em que Dawson estava levanto a caminhonete de Tuck para fazer uma troca de pneus, um acidente acontece e ele acaba atropelando o único médico da cidade acidentalmente. Porém devido ao seu sobrenome é julgado sem dó e vai para a prisão durante quatro anos. A família do médico após este período declara falência de sua pequena propriedade e mais culpa recai sobre o garoto. Neste meio tempo Amanda já havia ido embora para a Universidade.

Após vários anos, Dawson e Amanda recebem um recado do advogado de Tuck. Eles deveriam voltar à Oriental para ler o testamento já que o enterro havia acontecido sem que eles estivessem presentes, por conta do pedido de Tuck.

O encontro entre os dois colorá muita coisa de volta no lugar. Amanda tem sérios problemas em seu casamento com um marido alcoólatra e o peso da perda de uma filha. Agora com mais dois filhos, não tem como voltar para sua profissão e precisa lutar para encontrar a felicidade.
Dawson não sabe se é loucura ou não estar sempre vendo um homem em momentos de tensão e ter que encontrar seu antigo amor parece que não irá facilitar mais as coisas.

O que Dawson ainda não sabe é que seus primos mantem um desejo de vingança e que assim que ele colocar o pé em Oriental sua vida vai estar correndo sérios riscos. Mas o que mais vai estar em risco será sua mente e sanidade que não conseguirá entender o que é certo e errado e o que deseja realmente seu coração.




Autor: Nicholas Sparks
Título Original: The Best of Me
ISBN: 9788580413342
Páginas: 272
Ano: 2014
Gênero: Ficção / Drama / Romance
Editora: Arqueiro








Sei que parece piegas ser só elogios para o Nicholas Sparks, mas este autor sabe exatamente como conquistar o coração das mulheres. Falo das mulheres pelo fato de ser do lado feminino, mas tenho certeza que ele conquista os homens também. Já li alguns livros do Nicholas e não são todos que tocam o coração tão profundamente, mas ele parece ter feito algum tipo de pós graduação em como fazer leitores chorarem.

A Arqueiro lançou esta segunda edição com a capa do filme justamente pelo lançamento do filme que deve ser a milionésima adaptação dos livros do autor e ao qual eu ainda não assisti e por isto não vou conseguir dar a minha opinião sobre, mas a primeira edição pela Arqueiro foi em 2012 e esta agora por último no final de 2014.

O que é legal perceber nos livros do Nicholas, podendo citar O Melhor de mim é que é para todas as idades, sem exceção. Ele inicia os livros com a fase adolescente dos personagens ou então já entra com personagens mais adultos e isto é um grande feito que conquista o público já que pode esperar todo o tipo de história e de momentos na história.

O Melhor de Mim é um livro que te faz pensar em muitas coisas. Quem já não parou para pensar como seria diferente se no passado não tivesse tomado uma decisão diferente? Se tivesse feito algo de outra forma que caminho teria levado? É mais ou menos assim que a narrativa segue.

Em um primeiro cenário há o passado de Dawson Cole e Amanda Collier, o quanto se amavam e o quanto dependiam um do outro, de como se acertavam em tudo e se completavam sem que precisasse ser proferidas palavras, somente com uma troca de olhar. Mas os preconceitos sempre pesam mediante a sociedade e isto acaba pesando e mexendo um pouco com o casal e o destino acaba separando eles.

Então após um tempo bem longo eles precisam cumprir uma obrigação que foi dada a eles e com este reencontro todas as emoções voltam à tona, mas Amanda já tem uma vida formada, filhos, casa, marido. E Dawson que nunca tocou sua vida além de seu trabalho precisa entender o motivo de nunca ter conseguido seguir adiante.

O foco maior da trama está no amor que os personagens ainda sentem um pelo outro mas que entendem que tem responsabilidades para com outras pessoas agora. A dúvida que vai ser criada é a de saber se ambos largam tudo para viver o grande amor ou seguem suas vidas como se somente o passado fosse as lembranças agora.

Mas o grande brilho é o poder do autor de ter criado dores e incertezas e poder mostrar que o mundo parece sempre girar e que nada nunca é em vão. Por mais que as coisas demorem a ser como queremos, se desejarmos com grande coração, um dia elas chegam. E este é o grande exemplo citado nesta obra. A dor de perdas, de lembranças e de incertezas. Mas o final é tão perfeito, mesmo que chocante, que não deixa dúvida que o amor pode ser perfeito de diversas formas, mesmo que não seja aquela que desejamos.

Mais um ponto para Nicholas Sparks.










13 comentários:

  1. Sparks mais uma vez consegue mostrar que o amor não é um obstáculo, mas sim o caminho para uma vida!
    nem sempre o final é feliz, mas o que conta é ter amado!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo sobre o final e este acho que é um dos melhores de Sparks!

      Excluir
  2. Esse livro é lindo, como a maioria dos livros do NS. Amei sua resenha ^.^

    Vanessa - Blog Closet de Livros

    ResponderExcluir
  3. Oi Gre,
    Quando li esse livro eu já tinha visto o filme e já tinha me apaixonado, quando li a obra não curti tanto, porque na minha cabeça ela tinha que ser parecida com o filme. Mas realmente tio Nick sabe encantar o leitor. Belas palavras e realmente as vezes me pergunto como seria se eu tivesse tomado outras decisões.

    Beijos Elis!!!
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miga, lembro que tu comentou sobre isso. Por isso que agora fico meio assim quando leio o livro e depois vejo o filme. Tento não fazer as duas coisas juntas!

      Excluir
  4. Oi Greice.
    O Melhor de mim foi o livro mais marcante do Nicholas dentre todos os que eu li, esse final é emocionante demais, lembro até hoje como chorei horrores no desfecho.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paty, concordo contigo. É um dos finais mais lindos que ele já fez. Mais emotivo!

      Excluir
  5. Oi Greice, Sparks é Sparks, este livro ainda não li mas por sua resenha já vi que de apertar o coração como ele gosta de fazer hahaha
    Não sei como ele faz, mas ele cria histórias de amor incríveis e eternas ♥

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Joi, ele deve ter um poder extrasensorial de captar o coração das mulheres, só pode!

      Excluir
  6. Oie Greice =)

    Li O Melhor de Mim faz tempinho e mesmo achando a história triste gostei do livro.
    Não sou assim super fã do autor, até por que acho a narrativa dele meio previsível, mas alguns livros dele são gostosos de ler.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ariane, realmente tem algumas histórias previsíveis, mas gosto de todas elas porque ele usa bons exemplos. Mas não sou viciada. rsrsrsrs

      Excluir
  7. Oi Greice!
    Eu amo os livros do Sparks, já li vários mas não me canso!
    Ainda não li esse livro mas está na lista de desejados.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não canso, tem os que gosto mais e outros menos, mas são gostosos de ler.

      Excluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos