01 fevereiro 2015

14

Vermelho como Sangue - Salla Simukka! Resenha #220!


Lumikki tem 17 anos e está morando na cidade de Tampere, na Finlândia. Mora sozinha em um pequeno apartamento onde só há um pequeno sofá, cama e escrivaninha o que considera ser suficiente para si até terminar os estudos e poder ir para algum lugar realmente legal no mundo. Lumikki mora há alguns quilômetros da cidade de seus pais e resolveu isto com muita dedicação mesmo sabendo que talvez seus pais fossem contra ou sentissem sua falta, mas precisava tentar esquecer o passado.

Agora Lumikki corria, nadava e praticava artes marciais. O passado nunca mais iria acontecer de novo. Os pesadelos podem ser diários mas as cenas não a pegarão de surpresa e o medo que costumava sentir e o costume de se esconder está indo embora aos poucos. Lumikki sabe como ser invisível, sabe como passar despercebida, sabe como fingir que nada aconteceu para  sobreviver.

Em Tampere estuda na escola onde os ricos estudam e lá eles nem a conhecem. Até um dia em que Lumikki entra na câmera da sala de fotografias e lá estão escondidas várias notas de dinheiro. Ela sabe que seu senso diz que não pode se intrometer em assuntos que não sejam seus pois isso vai acabar dando em um beco muito ruim, mas também sabe que a justiça precisa ser certa.

Em outro momento, uma bala é atirada e perfura o corpo de Natalia, uma mulher que trabalha para o crime, para o tráfico de drogas, mas que não estava colaborando de acordo com as regras da corporação. Mas esta mesma mulher estava ligada a um homem influente, que sentirá a sua falta.

Quando Lumikki começa a investigar a mala de dinheiro descoberta, a teia vai direto a três colegas seus e entre eles Elisa, uma menina doce e que só estava envolvida por gostar de um dos rapazes. Mas na verdade eles foram colocados naquela cena por acaso e Lumikki ao tentar ajudar Elisa mal sabe que está sendo envolvida em um grande suspense e precisará de todas as forças pois a partir deste instante sua vida estará em perigo.

Ao ser confundida com outra pessoa Lumikki vai estar entre a vida e a morte, em uma perseguição que vai ser preciso todas suas forças e experiências anteriores para proteger a si e aos amigos, pois não conseguirá conhecer em absolutamente ninguém.



Autora: Salla Simukka
Título Original: As Red as Blood
ISBN: 9788581635798
Páginas: 240
Ano: 2014
Gênero: Ficção / Suspense / Drama
Editora: Novo Conceito








Quando a Novo Conceito emitiu o comunicado que lançaria a trilogia da Branca de Neve como é denominada esta saga, vi que muitos leitores ficaram afoitos porque parecia ser um grande feito da autora. Eu, particularmente não conhecia nem havia lido nada sobre o assunto. Depois li algumas resenhas que as pessoas estavam chateadas porque não era um romance e tudo o mais. Como eu Não havia criado nenhuma perspectiva sobre o livro, não criei nada em minha mente.

A verdade é que Vermelho Como Sangue não há nenhuma sistema romântico nem nada a ver com isso e foi por isso que eu realmente gostei. Sim, eu gostei bastante da história. Quando li o primeiro capítulo e percebi que seria algo mais policial e misterioso fiquei um tanto mais empolgado pois cansei de ler coisas com Branca de neve que sejam histórias de amor.

A verdade é que Lumikki tem sim a ver com a princesa dos contos de fada já que seu nome quando traduzido lembra a mesma. Claro que ao longo da história tudo vai fazendo bem mais sentido, mas o legal é que Lumikki mesmo sendo um personagem normal, sem nenhum tipo de poder sobrenatural, consegue prender o leitor com a sagacidade narrativa. 

Salla Simukka fez uma personagem solitária que guarda um segredo mas que tem bastante coragem para enfrentar um desafio. Em nenhum momento fiquei me perguntando se era certo ou errado ou até mesmo impossível aquilo estar acontecendo porque acontece tudo rapidamente e para mim foi bastante coerente. O legal também é que como as coisas estão bastante interligadas não há possibilidade de se confiar em ninguém o que torna o mistério ainda maior.

Há momento de tensão em que você torce pelo fim de tudo. Há planos bem bolados e mal bolados. Há personagens inteligentes e outros não e creio que isso é o que complete a história. O importante é que para mim nada ficou sem sentido e adorei o desfecho. Só fiquei na dúvida se os próximos livros serão sobre a mesma história ou serão algo diferente. Espero que seja algo diferente para não se tornar cansativo. Como se Lumikki fosse uma Branca de Neve investigativa.






14 comentários:

  1. Oi Greice!
    Estou amando Vermelho como Sangue, termino ele hoje e quero ler muito a continuação ♥ ♥

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Oi Gre,
    Também não tinha ouvido falar desse livro, só depois que a editora lançou, mas se você gostou eu provavelmente também irei gostar....pois até os que tu não anda gostando, andam me fazendo viajar....shauhsua....logo irei ler e conferir...valeu pela dica.

    Beijos Elis!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é isso que tu vem falando há um tempão sobre um livro em específico né? Te dou uma chance porque tu é amiga... kkkkkkkkkk

      Excluir
  3. Oi, Greice!
    Esta foi a primeira resenha positiva sobre este livro que li. Juro. Não estava dando nada por ele, e foi uma maravilha ler sua resenha. Sem falar que não estou criando expectativas para com o mesmo.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Leandro, eu li várias que não estavam gostando do livro, mas eu achei muitoooo bom!

      Excluir
  4. Nunca tinha ouvido falar desse, mas me interessei tem uma capa misteriosa, um jeito de ser bom, daqueles que tira o folego, sabe.... A gente comeca a ler despropositadamente e por fim, não larga até o final e ainda quer mais!!! rsrs
    bjooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi assim comigo Ana, comecei sem expectativas e depois não conseguia parar!

      Excluir
  5. Oi Greice

    Vi muita gente detestando esse livro e isso me desanimou muito a ler. Se o problema pra maioria era falta de romance, não vi comentários sobre isso nas resenhas negativas que li. De qualquer forma, se o livro tem uma veia mais investigativa eu vou amar, porque adoro livro assim.

    Beijos
    mundo-de-papel1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li sobre isso Ca, mas acho que sempre há diversos motivos por trás né? Depois de ler dá sua opinião também que quero saber! Beijso

      Excluir
  6. Oi greice, não conhecia o livro, mas pela sua resenha achei o livro bem interessante. Quem sabe ele não entra na minha lista esse ano.
    Bjim!
    Tammy
    LivreandoFacebook

    ResponderExcluir
  7. Oi Greice,
    Tão bacana achar um livro assim, sem o romance ser o centro.
    Adoro policiais, e quase me arrependi aqui de ter deixado esse para minha prima resenhar hahahahaha

    Ótima resenha!

    bjs e tenha um ótimo final de semana
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Nana! Mas depois de sua prima resenhar, você ainda tem a chance de ler, né? O Mas legal é que você já tem ele!

      Excluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos