03 janeiro 2015

8

Sonhos Despedaçados - Ellie James! Resenha de Livro #115!


Trinity está com 16 anos e precisou voltar para Nova Orleans após o falecimento de sua avó. Agora mora com sua tia, pois desde quando era apenas um bebê seus pais se envolveram em um grave acidente que a deixaram órfã. A questão é que Trinity não se sente nem um pouco feliz por estar naquele lugar e principalmente por estar em uma nova escola com pessoas que não são nada agradáveis.

Trinity tinha certos problemas que uma adolescente normal também tinha, porém algo nada normal acontecia com ela. Tinha visões em forma de sonhos em que via acontecimentos, fatos meio desconexos que geralmente se concretizavam logo depois, mas que ela mesma não conseguia juntar as peças até que tudo ocorresse. Sua avó sempre dissera para que ela escondesse isso de todos para que ninguém a considerasse maluca e ela isso que ela fazia.

Estar em Nova Orleans era triste, principalmente após o Katrina, que destruiu parte da cidade e muitas pessoas haviam ido embora e milhares de locais estavam abandonados. E foi em um dos locais abandonados que foi com alguns amigos e amigas. Nesta casa havia uma lenda de que um crime havia ocorrido e tudo permanecia vivo por ali.

Chase e sua namorada Jessica, Bethany, Pitre, Amber, Drew e Trinity estavam vasculhando o local. Todos, menos a nova garota da cidade havia ido até lá alguma vez. Quando chegaram a um quarto, o que encontraram foi o sinal de algo muito estranho. De repente tudo mudou. Com uma aposta boba, tudo ficou escuro, todos começaram a correr e Trinity caiu em uma emboscada que não passaria de uma brincadeira boba.

A partir daquele dia, o sumiço de uma das pessoas que estavam entre o grupo culminou em um pesadelo. Ninguém sabia exatamente o que havia acontecido, já que tudo havia sido uma armação. Mas Trinity começou a ter sonhos cada vez mais frequentes e sensações aterradoras do que poderia estar acontecendo de verdade e quando seu desejo era se tornar uma ajuda, acaba se tornando a maior suspeita.

Mais do que isso, quando começa a pesquisar sobre seu passado, descobre que seus sonhos podem ter uma justificativa: estava mesmo louca ou seria algo genético? O tempo começa a se esgotar.



Autora: Ellie James 
Título Original: Shattered Dreams
ISBN: 9788581635439
Páginas: 320
Ano: 2014
Gênero: Ficção /  Drama
Editora: Novo Conceito










Para início desta parte crítica vou começar com um ponto positivo deste livro que foi a capa. Adorei a iniciativa da Novo Conceito em introduzir uma capa mais real para esta história que como é narrada em Nova Orleans na época da tragédia do Katrina, dá uma sensação de perda e isolação. A libélula que consta na capa e nas outras que coloco acima que foram utilizadas em outros países, é algo como uma pista para alguns dos segredos da história e foi estratégico não a terem tirado da capa.

Quando eu vi que a Novo Conceito havia publicado Sonhos Despedaçados e colocado à venda na Livraria Saraiva já fiquei animada. Fiquei pensando em quando receberia meu exemplar de parceria e a chamada abaixo do título "Em algum momento eu teria que dormir", me instigava que a leitura iria levar a algum suspense emocional, um thriller de tirar o fôlego ou algo assim.
Bem, foi no máximo um fraco suspiro o que me causou.

O primeiro capítulo consegue capturar totalmente a atenção. A narrativa dos amigos indo para um local abandonado, com a descrição do caos deixado por toda aquela água que invadiu Nova Orleans e a mistura de escuridão, medo e pânico levam você a imaginar cenas de tensão. E é o ponto central da história, já que é ali que tudo vai começar e que geralmente você pode imaginar que um grupo de adolescentes tentando se aventurar em um local assim não termina muito bem, ao menos em filmes de terror. Terminei o primeiro capítulo já querendo correr para os seguintes.

Então é onde tudo começa a se perder. No momento você tem um suspense sobre algo em uma mão e de outro você começa a ver algo sobrenatural misturado a algo que envolve pouco do contexto real do primeiro capítulo, para a autora poder dar gancho ao passado da personagem principal. 

Se você decorar estas falas:
- Deus!
- Não!
Bem, você vai ter decorado 70% das falas do livro. Não é besteira minha, mas essas duas palavras são usadas tão repetidas que cheguei a cansar.

A história é como se você realmente estivesse em Nova Orleans em meio ás águas do Katrina, você sobe e desce na história e seu estômago certamente vai te enjoar em diversas páginas. Em um momento eu estava em um ponto central e em outro a autora me colocava do outro lado da cidade sem um ponto de ligação e fiquei imaginando que estava dentro de um tornado.

O que gostei foi a forma como ela descreve a realidade da cidade com a tragédia. Isso me fez pesquisar um pouco mais sobre, mas foi só. Os personagens são pouco explorados, mas o sobrenatural é, mesmo que de forma tortuosa, bem elaborado.

Agora, quando chega-se ao resultado final, a tragédia realmente fica completa! É como que se para o livro ficar melhor você devesse arrancar as últimas páginas e não ver o resultado. Nunca vou entender como a autora conseguiu estruturar uma história completa e no final terminar como se eu estivesse em outro livro com outras pessoas. É neste ponto que deduzi que ela própria despedaçou seus sonhos em ter publicado esta obra da forma que o fez.
















8 comentários:

  1. Oi Greice! Que pena a autora ter começado bem e depois ter se perdido totalmente, deixando você tão insatisfeita com o livro, eu confesso que desde que vi este lançamento fiquei imaginado algo bem intrigante e tenso, agora quando eu ler será sem muitas expectativas.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Nunca tinha ouvido falar desse livro e também gostei da capa.
    Porém é sempre ruim quando a gente vai super empolgada ler um livro e acaba se decepcionando né? Mas as vezes acontece.

    Feliiz 2015 :D

    http://resenhandosonhos.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, Greice, tudo bem?
    Essa é a primeira resenha que leio do livro "Sonhos Despedaçados" e pela sua resenha o final parece ser chocante, não é?! O que me deixou intrigada na sua resenha foi você ter dito que a autora "despedaçou seus sonhos em ter publicado esta obra da forma que o fez". Por quê? Meu Deus, quero saber esse final...rsrs.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Nina & Suas Letras

    ResponderExcluir
  4. Oi, Greice!
    Poxa, que pena que o livro não foi tão bom, é horrível quando isso acontece. A capa é muito bonita, mas não consegui definir se gostei ou não da sinopse. Fiquei dividida.

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Oi Greice.
    Já li outras resenhas com opiniões bem similares a sua, por conta disso não li o livro.
    Gosto de enredos coerentes, que seguem uma linha de pensamento, e quando o final é ainda mais decepcionante, isso me espanta mais ainda.
    Parabéns pela forma clara e sincera de expor os pontos trágicos desse enredo.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  6. Oi Greice

    Não encontrei um leitor que não tenha criado muitas expectativas com relação a esse livro e se decepcionado depois. Pelo que li n sua resenhas e em tantas outras, a autora tinha na mão todos os ingredientes para uma excelente história e consegui destruir tudo.
    Não estou nada empolgada pra ler.

    Beijos
    mundo-de-papel1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Primeiro ahahahahahahahahhaha.....ai amiga tive que rir, porque é trágico e eu não ia chorar, mas que merda....pode falar essa palavra nos comentários? Uau fiquei pensando que droga....como pode um autor fazer isso, quem que aprovou a obra para ser publicada?.....do jeito que comentou eu não chegaria nem perto. Mas sou persistente e vou ler kkkkkkkkkk......mas olha gostei de cada palavra que escreveu....arrancar as últimas páginas é....:O.....vamos ver.

    Ha só para constar, te devolvo seus livros, quando devolver os meus tá? ;).....kkkkkkk....demorei mas aí está meu retorno....kkkk....o acho que tu não vai gostar de Silo....kkkkkk....mas posso estar enganada.

    Tenho Silo e aquele que a Maq me mandou por engano que é teu pra te devolver no próximo encontro....e há vou levar Postais do Coração pra ti ler, porque tu tinha me pedido. Estranho colocar tanta informação aqui, mas sabe, eu sei que tu vai ler.....kkkkkkkkkk.....beijos saudades Elis!!!!

    ResponderExcluir
  8. A história parece interessante, mas me interessei mais por causa do "Deus" kkkkkk
    A capa é bonitona mesmo, dá um ar de instigante, aqueles sabe, que você não para de ler nem para beber água.. kkkkk adoro esse! :)
    Mas o final é triste? Não gosto de finais tristes, já não chega essa vida dura que temos.. kkk
    bjooos

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos