20 outubro 2014

13

Um Dia de Cada Vez - Courtney C. Stevens! Dica de Livro #103! Editora Suma de Letras


Alexi Litrell está agora com dezesseis anos e há três meses enfrenta uma grande dor. Não consegue contar a ninguém o que houve consigo e por isto também se pune o tempo inteiro. A voz de culpa interna faz com que se machuque o tempo inteiro e as suas unhas rasgam a pele em volta de seu pescoço. Esta é uma das formas de calar a dor, de fazer a realidade se tornar viva. Chorar também ajuda, mas as lembranças são vivas demais e conseguir apagar é impossível.

Bodee Lennox é o garoto Ki-Suco da escola Rickman High. Seu cabelo nunca está da mesma cor e isto é algo que chama a atenção de todos os alunos. Isto e o fato de suas roupas serem de doações e de sua mãe ter sido assassinada por seu pai. Algo que ninguém consegue esquecer e mais ainda, ninguém consegue parar de comentar. 

Alexi tem diversas amigas na escola, sendo que Heather e Liz vivem querendo encontrar um par que combine com ela para encontros memoráveis. Mas Alexi sonha com o Capitão Letra de Música que, desde a volta das férias de verão, deixa trechos de músicas em sua classe como se conhecesse o interior dela, a parte que dói, a parte sensível de si que quer a todo custo vir à tona.

A grande surpresa é um dia ao chegar em casa e encontrar sua irmã Kayla, o namorado de longa data dela, Craig, sua mãe e seu pai sentados na sala juntamente com Bodee. Alexi sabia que aquela era uma reunião de família. Não tinha amizade com Bodee, ninguém tinha. Mas após o falecimento de sua mãe seus pais resolveram que seria uma boa ideia levar aquele garoto para morar com eles até o final daquele ano.

No início a reação havia sido de espanto. Ter um estranho dentro de casa não era algo agradável. Mas aos poucos, Bodee também foi demonstrando a dor que havia dentro de si e muito mais que isso foi mostrando a Alexi que suas dores internas de alguma forma poderiam ser externadas.

Medo, raiva, ódio e frustração é o que os dois amigos encontram ao meio do caminho. Reações de um ato sofrido por uma adolescente que mal sabia o que estava acontecendo e que não entendia a razão pela qual deveria passar por aquilo. Mas a luz no final do túnel havia aparecido. Agora ela sabia que precisava ir adiante e encarar seus medos, pois já estava à beira da morte novamente.



Autora: Courtney C. Stevens
Título Original: Faking Normal
ISBN: 9788581052366
Páginas: 232
Ano: 2014
Gênero: Ficção / Romance / Drama
Editora: Suma de Letras









Estou presa em um conflito de pensamentos neste exato momento. Quero repassar exatamente o que senti ao ler este livro e tudo o que mais penso sobre ele são palavras extraordinárias sobre uma história de perda, luta, sofrimento. Mas que depois de tudo isto a esperança renasce e a vitória surge como uma flor em meio a pedras.

Vou fazer isto por partes então. A sinopse do livro chama a atenção porque faz parecer que a trajetória será feita entre uma garota e um garoto adolescente que enfrentarão juntos certos problemas e o resultado certamente é este, mas de uma maneira muito mais profunda. 

Sempre fico bem em livros de drama pelo fato de boas autoras conseguirem descrever os sentimentos de forma explícita e detalhada e a Courtney não é diferente desta forma de escrever. O grande diferencial nesta narrativa é que em um primeiro momento me choquei com um fator que imaginei que seria como um preconceito para mim, já que percebi que os personagens tinham raízes religiosas e são citadas inicialmente. Desta forma pensei que a autora iria utilizar o livro como forma de querer politizar ou usar lições de moral para algo. Mas o que aconteceu foi bem o contrário. A personagem principal tem uma família muito bem estruturada, que divide as alegrias e as tristezas e que participa de muitos eventos de caridade, principalmente. 

O foco inicial é na dor da personagem que sofre uma grande dor e que causa um trauma tão extremo (em quem não causaria?), que ela não consegue dividir esta dor com ninguém e também não consegue achar uma forma de se livrar do pesadelo por se sentir culpada de tudo. Assim começa a tortura de sua vida, a automutilação, o desespero. A autora narra muito bem estes momentos e me fez querer abraçar a personagem de Alexi em diversos momentos.

Ter colocado Bodee foi uma vitória a mais. Não são dois extremos lutando um contra o outro, mas uma pessoa que se entrega a lutar para o bem daquela é algo que fez eu me entregar a leitura. Em diversos momentos pensava a razão pela qual Alexi não parava com tudo e contava a verdade e a autora não deixou isto passar despercebido, fazendo o quebra-cabeças se encaixar perfeitamente no final.

E que final. Eu me emocionei. Sabia que em um ponto tudo precisaria ser encarado. Mas mais de um coração partido, foi a entrega de Alexi para poder voltar a viver de alguma forma. A autora utilizou um belo livro como forma de chegar aos leitores com uma bela lição e como talvez uma forma de dizer que todos podem ser socorridos se pedirem socorro.

Perfeito, útil e belo. Uma obra que deveria constar em toda biblioteca escolar!






13 comentários:

  1. Oi Gre,
    Depois dos seus elogios e ao ler sua resenha, só posso dizer que fiquei curiosa em descobrir todos esses sentimentos que o livro lhe transmitiu.

    Beijos Elis!

    ResponderExcluir
  2. Drama não é bem um estilo que eu me sinta confortável lendo... Mas esse livro já tinha me chamado a atenção desde a primeira vez que li a sinopse dele. Agora, ao ler sua resenha, ficou claro pra mim que é realmente uma história muito boa. Acho que eu iria gostar de acompanhar a jornada de Alexi e Bodee em direção a uma mudança para melhor. Se um dia eu tiver a chance, lerei com certeza!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    O livro parece ser interessante.
    O enredo parece ser envolvente. Também adoro livros de dramas onde o autor consegue nos transmitir tão bem os sentimentos dos personagens.
    Adorei a dica.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook Tem promoção de Halloween lá no blog. Não fique fora dessa!

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro, mas vou agorinhaaa ver onde acho pra vender! Adorei a história, apesar de ser meio dramalhão. Gosto dessas histórias de "superação".

    O blog ta lindo! Já curti no face para não perder nada!
    Beijos
    Isadora

    www.novoromance.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie Gre =)

    Infelizmente faz um bom tempo que os lançamentos da Suma não estão me dando aquela coceirinha de curiosidade sabe.

    Fico feliz em saber que você curtiu a leitura ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  6. Oiee ^^
    Eu adoro quando o autor consegue mexer com o leitor e fazê-lo se emocionar no final!Ainda não li esse livro, mas já faz um tempinho que ele está na minha listinha de desejados, e depois da sua resenha, fiquei ainda mais animada para lê-lo.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Greice

    Desde que vi a capa e o título desse livro fiquei super interessada na história. Agora lendo sua resenha meu interesse ficou ainda maior. Perece ser um livro profundo, com uma história marcante e provavelmente vou amar.

    Beijos
    mundo-de-papel1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    Não conhecia esse livro parece interessante, porém estou em outra fase no momento e esse parece ser um livro daqueles que você tem que estar na "fase" certa para ler? Não sei se você entende...enfim viu que vai sair o filme O melhor de mim no cinema???Achei que você ia se interessar.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Este livro é para quem gosta de momentos de drama e que serve como uma bela lição para a vida! Não desistir nunca! :)

    ResponderExcluir
  10. Curtam a página no Facebook do livro.

    ResponderExcluir
  11. https://m.facebook.com/profile.php?id=1654270721497759

    ResponderExcluir
  12. https://www.facebook.com/pages/Um-dia-de-cada-vez/1654270721497759?notif_t=page_new_likes

    Curtam a página no face e compartilhem ideias sobre o livro!

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos