23 julho 2014

12

Um Lugar para o Amor - Sherryl Woods! Dica de Livro #88!




Ryan Devaney é um homem decidido. Decidido e mal-humorado em certos aspectos. Quando era criança, fora abandonado pelos pais juntamente com seus dois irmãos mais novos, sendo que eles sequer tiveram a possibilidade de pensarem em um motivo. Os pais levaram os gêmeos recém nascidos e deixaram o apartamento como se nunca tivessem pisado naquele lugar. Não bastasse este golpe, a assistência social precisou separar os irmãos para que fossem adotados por famílias diferentes e desde então eles nunca mais se viram ou sequer se falaram. Ryan não tinha família, não tinha coragem de construir uma e seu coração estava mais do que frio.

Maggie O’Brien estava de férias. Estava cansada de sua carreira como consultora na área de contabilidade e era totalmente infeliz, principalmente depois que se mudara para o Maine, ficando longe de sua família em Boston. Era muito apegada a todos seus loucos irmãos e irmãs e serem unidos era tudo o que fazia ela lutar todos os dias.

Em um dia de frio, o carro de Maggie resolveu não funcionar bem em frente ao bar Ryan’s Place, de Ryan Devaney e é neste momento que ela precisa entrar e pedir ajuda. Lá dentro, no calor das cervejas e da boa comida irlandesa, está o padre Francis, que resgatou Ryan de uma vida de crimes e mais confusão. Depois de uma boa dose de conversas e devaneios, o padre Francis convence Ryan de levar Maggie até sua casa em segurança.

Lamar é um menino com problemas cardíacos que aparece no abrigo para pessoas carentes junto de sua mãe Letitia, que está desesperada, pois seu filho precisa urgente de uma cirurgia e seu marido se sentindo culpado pela doença do filho, saiu de casa e está desaparecido. Desta forma, o padre Francis pede a ajuda a Ryan tanto para a cirurgia de Lamar, quanto para encontrar o pai do menino, pois teme que o mesmo não agüente a cirurgia sem a presença paterna.


Entre o vai e vem das situações, Maggie começa a notar um homem dedicado e doce para com os mais necessitados e a partir deste momento começa a surgir uma fagulha de carinho em seu peito. Ryan tenta manter a doce ruiva o mais afastada possível de si, já que não acredita no amor, mas aos poucos seu coração vai amolecendo e Maggie consegue arrancar um pouco de vida de Ryan, talvez não o suficiente para um para sempre, mas por enquanto é o que se pode esperar.


Autora: Sherryl Woods
Título Original: Ryan's Place
ISBN: 9788539809318
Páginas: 256
Ano: 2013
Gênero: Ficção / Romance
Editora: Harlequin








Eu já percebi que virei fã da autora Sherryl Woods. Este é o segundo livro dela pela Editora Harlequin que leio e não me decepciono de forma alguma. Ela tem o estilo suave e moderno de escrita e é aquela forma de narrativa que flui facilmente sem se tornar maçante ou ficar parado em um mesmo momento entre os personagens, o que eu considero chatíssimo demais.

Em Um Lugar para o Amor a trama envolve o coração duro de Ryan e a maciez e o jeito doce e tranquilo de Maggie, que faz com que o convívio entre eles se torne algo mais maduro, apesar de que desta vez é o personagem masculino que tem o maior medo de enfrentar um relacionamento ou conhecer alguém.

O que eu sempre cito que gosto nestes livros, que são os chamados Primeiros Sucessos pela editora, é que não tem aquelas cenas picantes e palavras fortes e isto me deixa mais à vontade na leitura, não que me incomode em algum momento porque leio livros do gênero, mas quando decido que quero ler um livro mais romântico, também espero que seja um livro calmo sem este tipo de situação. E é realmente o que este livro tem a proporcionar.

O que gosto também da autora é que ela usa uma situação cotidiana para mexer com o coração não só para o lado do amor, mas também para o lado sentimental, que é quando envolve as famílias, as pessoas mais necessitadas e demonstra através disto o quanto podemos fazer para ajudar outras pessoas, mesmo com simples ações.

Quando chegou ao final do livro fiquei pensando em como gostaria que houvesse continuação, já que Ryan fala muito dos irmãos e de sua família e fiquei sabendo que a autora também lançou um livro sobre eles, porém não sei se a Harlequin vai chegar a lançar os mesmos por aqui. Desejo que sim porque gosto de acompanhar a história das famílias, desde que claro, se siga um padrão lógico.

De qualquer forma, estar junto com Ryan em seu bar e a envolvente Maggie com seu olhar mágico vai fazer seu tempo passar voando!








12 comentários:

  1. Oi Greice, tudo bem?

    Adoro romances de banca, apesar de nunca ter lido nada dessa autora - Acho que é porque prefiro os históricos, rsrs
    Esses encontros e desencontros são tão bacanas, é o tipo de romance que nos faz suspirar né?

    Beijos,

    Pah - Livros & Fuxicos

    ResponderExcluir
  2. Nossa, não é à toa que o Ryan tem este medo todo de enfrentar os relacionamentos ná, que história de vida mais triste ele teve hein.
    Eu nunca li nadinha da autora e tem tempos que não leio nada da Harlequin, a minha lista é tão imensa que fica difícil encaixar qualquer outra coisa, mas eu estou morrendo de vontade de ler este livro.

    Beijo, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Greice!
    Quando vi a capa, achei que se tratava de um romance desconhecido da Emily Giffin, a capa é daquele estilo... Depois li o nome da autora e nem sabia que era, não tenho o costume de ler livros da Harlequin. Mas vou ficar de olho pra ver se compro alguma obra da Sherryl só porque vc falou bem. ;)
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  4. Oi Greice, não conhecia o livro mas achei uma ótima indicação.
    Gosto muito quando os autores conseguem usar fatos do nosso dia dia para nos emocionar.
    Ótima resenha!

    www.booksever.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Gostei bastante da dica de livro. Adoro os romances da editora. São todos lindos e fáceis de se apaixonar. Agora outra coisa, tenho notado ultimamente o tanto de protagonista ruivas que existem nos romances. Como se fosse fácil assim. Eu mesmo só conheço uma heheheh.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi Greice, tudo bem?

    Que linda sua resenha ♥
    Não sou de ler os romances da Harlequin, sabe? Mas esse despertou minha curiosidade, me identifiquei com os personagens... Principalmente do que tem medo de "amar" ahhahha

    Beijocas
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Grace,
    Não me lembro de ter lido nada da autora, mas se apesar dos encontros e desencontros, a trama tem um romance que vale a pena torcer, acredito que ela irá me agradar.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Greice..
    Nunca li nada da autora, mas pelo jeito que você esta falando ela deve ser muito boa.
    Não lembro de ter visto este livro e nem alguma resenha. Mas gostei, sem contar que a capa é muito bonita.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Nossa, achei a sinopse desse livro tão fofa! *-* Nunca li nada dessa autora!
    E realmente, é diferente pq dessa vez é mocinho que não quer um relacionamento, haha.
    Parece ser um romance leve e agradável, quero conferir!
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oii!
    tudo bom?
    Nããão leio muito romances de banca, mas tenho que mudar isso!
    Cenas e situações do cotidiano geram sempre historias cativantes não é?
    o livro parece ser super emocionante e como te encantou tanto acho que em breve darei uma chance!
    ESPERO QUE SAIA OS LIVROS DOS FAMILIARES! Adoro quando os autores pegam aqueles secundarios que a gente se apaixona e eles viram protagonistas!

    Um beeijo Lara.
    Blog Meus Mundos no Mundo | | Página Coração Furta-Cor

    ResponderExcluir
  11. Eu gosto deste estilo porque é gostos e rápido de ler!

    :)

    ResponderExcluir
  12. Esse livro é uma graça! Os encontros e desencontros da família, que geram situações engraçadas, e os mocinhos que são fofos juntos. Só espero que dona Harlequin não demore pra terminar a série ¬¬'

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos