15 abril 2014

6

Fênix A Ilha - John Dixon! Dica de Livro #71!


Carl Freeman cometeu diversas infrações durante sua vida. Seu pai era um policial digno que gostava de ajudar as pessoas sempre que possível e ensinou isto ao filho até o dia em que fora baleado e ficou em uma cadeira de rodas. A partir deste momento, Carl passou a imaginar que seu papel na sociedade era o de proteger os mais fracos dos mais fortes e para isto ele fazia valer o poder da dor, da violência, pois prometera a seu pai que seria forte e que até o fim de sua vida ajudaria os mais necessitados.

Carl foi famoso lutador de boxe. Se empenhou ao máximo para conseguir estar entre os melhores e realmente conseguiu conquistar diversos campeonatos pelo país afora. Colocava toda sua raiva e rancor nos adversários e intimidava cada um com sua habilidade e competência. Mas infelizmente isto não bastou a ele e quando via algum ser humano ser feito de saco de pancadas por um fortão, lá ia Carl defendê-lo com mais violência, o que fez com que ele começasse a parar em instituições para menores de idade. Aos 16 anos porém, sua sorte foi lançada. Com seus pais mortos, agora sua saída seria uma só: A Ilha Fênix até que completasse 18 anos.

Ao chegar na ilha percebeu que somente órfãos estavam lá e o regime era totalmente militar. Dormir eram para sortudos, treinamento pesado o tempo inteiro e a alimentação era das piores. Mas há algo de errado naquela ilha. Animais estranhos, mata densa e diferente das demais matas que ele já conhecera.

Não há comunicação. Nunca ninguém saberá dele. Pessoas estão sendo massacradas pelo cansaço e algumas estão começando a ser caçadas. Como descobrir o que acontece naquela ilha de verdade? A ilha, separada em duas partes, esconde uma grande verdade que parece colocar à prova os meninos e meninas ali levados.

Testes, lutas, animais, fugas e ação. Carl tentará sobreviver. Mas e seu instinto de defender aos outros como ficará desta vez?


Autor: John Dixon
Título Original: Phoenix Island
ISBN: 9788581633824
Páginas: 336
Ano: 2014
Gênero: Ficção / Aventura
Editora: Novo Conceito







Em primeiro lugar começo falando sobre a diagramação do livro que achei espetacular. Considerando que o livro se coloca em um ambiente de selva, cada início de capítulo tem esta estrutura da imagem e é impossível você não se sentir um pouco dentro da selva também. As letras são bem fáceis de ler também.


O Livro originou o seriado Intelligence, que fala sobre um super agente, que é interpretado pelo Josh ( lembram dele em Lost? Lindoooo! ). Não tinha ouvido falar deste seriado ainda, mas considerando o que vi pelo livro vou procurar para assistir. Pelo que vi o seriado começa pelo final do livro, então não seria algo baseado na história do mesmo.

Este livro me surpreendeu. De início considerei que seria uma aventura meio que distopia. Algo meio mágico, meio surreal onde encontraria seres com cinquenta cabeças e algo do gênero. Na verdade existe sim alguns seres diferentes até porque é uma ilha no meio do oceano Pacífico e onde você corre riscos de todas as formas em que fugir do lugar é praticamente impossível, mas é uma aventura das melhores para se ler. 

Acredito que não tinha lido um livro de aventura deste tipo ainda e não me decepcionei. O autor que já foi boxeador profissional utilizou seu conhecimento para montar seu personagem principal muito bem e além disto os outros personagens são uma soma de pessoas que estão ao nosso redor e somam diversos tipos de sentimentos: medo, pavor, coragem, aflição.

Ao desenrolar da história, os acontecimentos vão se tornando menos distópicos e mais reais, com mais nível de adrenalina. Em alguns momento o medo de estar em um lugar como aquele vem à tona e fico imaginando se não existe mesmo estes lugares.

Se você ver o trailer do seriado vai entender como é a aventura mais para o final. Imagina até chegar lá!


Os capítulos são trançados entre Carl, o personagem principal e os secundários que vão se tornando importantes a medida que o enredo avança e que é preciso mostrar dois lados diferentes da moeda.

John Dixon foi extremamente criativo. Se aventura é o que você gosta de ler, vai gostar de Fênix, A Ilha. Mas esteja preparado para se remoer de dor, pena e compaixão. Porque ali nada é fácil e ninguém está a salvo.





6 comentários:

  1. Olá flor. Uaau! Acho que foi a resenha mais surpreendente que já li. Estou sem palavras. Não sei se teria estômago para ler tudo isso... Não sabia também que tinha um seriado. Vou pesquisar também ;)

    Desculpe o sumiço estava muito sem tempo! Bjsss flor (agora estou de volta \o)
    http://estoulendoo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Greice..
    Confesso que olhando assim a descrição a história não faz muito meu genero.
    Mas acho que encarrava uma leitura.
    E sendo uma dica de livro ainda..

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    confesso que este liro não tinha me chamado atenção, mas parece que a história é boa.
    Gostei da resenha.
    Dica anotada.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. Que coincidência, separei este livro para ler hoje logo mais a noite, espero gostar. Não sabia que tinha um seriado, depois de ler o livro, vou catar o seriado também, hehe.

    Beijão, Van - Blog do Balaio
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/2014/04/sorteio-minha-ultima-duquesa.html

    ResponderExcluir
  5. Oii.
    Passando para avisar que te indiquei uma uma tag lá no blog, dá uma passadinha e responde :D
    A tag é bem legal !!

    Beijos Ketlin
    http://agarotaeoseulivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Pois é meninas, é um livro mais sobre aventura mesmo. E eu também quero ver se acho o seriado para ver como ficou!!!!

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos