21 janeiro 2014

16

Ao soar da meia-noite!

Pessoal, este é o meu primeiro conto!
Desejo que vocês leiam e me digam o que acharam! Espero que gostem!



Hoje, ao soar da meia-noite, olharei para o céu tão brilhante pela luz da lua imensa e pelas estrelas infinitas.

Será neste momento que fecharei meus olhos e recordarei nossos últimos momentos: o teu beijo quente que me faz recordar os deliciosos verões, o calor da areia e o frescor do mar com suas ondas balançando o nosso amor.

Recordarei também do teu abraço apertado e ao mesmo tempo macio, me fazendo sentir segura como se pudesse estar em meio a um terremoto e a única coisa que eu sentiria seria as borboletas em meu estômago.

Ah! As borboletas! Milagrosas espécimes que não deixam meu corpo em paz, demonstrando o tempo todo como é bom sentir esta paixão imensa.

Como era bom sentir tua mão tocar a minha quando eu tinha medo e que somente com este gesto tudo se transformava em total tranquilidade.

Recordarei do teu último sorriso, que com sua cara de bobo me fazia rir e caíamos facilmente na gargalhada de piadas sem graça até nossas barrigas doerem.

Mas ao abrir meu olhos, uma nova vida recomeça. Uma vida da qual você decidiu se afastar e não fazer mais parte. Não sei porque partiu se o amor ainda nos consome e se impregna em cada veia de nosso corpo, mas sei que precisou fazê-lo por medo de que o mundo se tornasse pequeno para que pudéssemos nos amar.

Mas o mundo não acaba. O amor não some. E uma nova vida não se desintegra. Pelo contrário, ela se fortalece. Para que ao lembrar de você, as lágrimas sejam de felicidade, pois eu jamais desistirei do amor, de amar, mesmo que isso signifique seguir em frente sem você.










16 comentários:

  1. Que romântico!!!
    De fato, depois que um relacionamento acaba, a vida continua, as lembranças são inevitáveis...
    Espero ver mais contos, pois esse ficou muito bom!
    Bjs

    http://garotasbacanas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Lindo testo, porém triste, amores que se vão e a esperança que fica...

    Beijo, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Greice, tudo bom?
    Como você eu também escrevo,ja escrevi estórias e contos, mas ainda não estou pronto para compartilhar e fiquei tão feliz quando você compartilhou o seu conto, o seu primeiro. Ele é lindo e profundo e quem ler ele, irá pensar sobre muitas coisas, é realmente lindo e delicado. Parabéns!

    Peace Out!
    www.espacobooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Sem comentários, isso é bem profundo... e apoio total na parte em que a vida segue seu rumo, sempre!
    Parabéns e sempre que possível vá colocando pra fora todas os sentimentos (os digeridos ou não...)
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. O amor é uma coisa complicada... Mas temos que seguir em frente de vez em quando, mesmo que isso signifique uma tristeza temporária. :(

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  6. Oie,
    achei bem fofo, mas mtoooo curtinho, acho que está mais para uma crônica do que conto rsrsrsr

    Mto lindo! Continue escrevendo

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  7. Adorei o seu conto Greice, só achei o final triste.
    Sempre tenho vontade de escrever algo sabe, um conto, uma poesia, mas sou terrível com as palavras.

    http://amolivrosdeverdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olha a Greice..
    Que bonito seu conto.
    São belas palavras..
    Você já pensou em escrever um romance?

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Você tem uma sensibilidade incrível para escrever. Vire escritora logo = D

    ResponderExcluir
  10. Olá flor... Nossa que inspirador! Adorei...
    Achei o final um pouco melancólico, mas está bem escrito!

    Suuuuuper beijo flor
    http://estoulendoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelas belas palavras, elas demonstraram todo o sentimento de um belo romance.
    beijos!
    www.tesouroliterario.com

    ResponderExcluir
  12. Amei o conto, tá de parabéns e fechou com chave de ouro o mundo realmente não acaba e o amor não some! Parabéns novamente e que venham mais contos!

    Beijos
    www.agendafashion.com.br

    ResponderExcluir
  13. Que lindo, Greice! Ficou maravilhoso mesmo!!! Parabéns, você tem talento para contos!!!!!
    Me lembrou muito de um livro de romance em poesia de uma professora que tive (e acho que a ainda terei aulas com ela) da faculdade!!!

    Vai ter continuação??? Vou ficar no aguardo!!! :D


    beijuuus ;***

    ResponderExcluir
  14. Oi Greice!!
    Encantador seu conto!! Li e realmente achei lindo!!
    Beijos =)

    ResponderExcluir
  15. Lindo... lindo mesmo.
    Só a mais como uma carta e amor. Histórias de superação me tocam...
    Parabéns! !!

    ResponderExcluir
  16. Gostei *-* Achei muito fofo e romântico... a história me prendeu logo na parte das estrelas, até pq eu amo olhar pra elas durante a noite, é ótimo pra refletir. Esse seu conto é muito bom, não sei se tem outros, mas continue fazendo mais!! Abraços <3

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos