18 novembro 2013

10

O Testamento do Juízo Final - James Douglas! Dica de Livro #39!



Jamie Saintclair tem como exercício da profissão recuperar obras de arte, porém não é muito famoso em sua especialidade e tenta de tudo um pouco para ser mais feliz em seu ramo. O único grande feito que conseguiu foi encontrar uma grande obra perdida na época do nazismo, mas aconteceu há tanto tempo que agora parece que voltou ao anonimato. Não pode desistir de tudo isto já que sua mãe, falecida há alguns anos, fez das tripas coração para conseguir que ele se formasse em uma faculdade conceituada.

Certo dia, ao chegar em casa, Jamie encontra seu bom avô morto ao pé da escada, com o pescoço quebrado. Um acidente, coisas que acontecem. A partir começou a preparar o velório, a arrumar as coisas de seu avô e naquele entremeio foi mexer nas coisas de Matthew, o bom velhinho e encontrou algo estranho. Um diário? Sim, um diário! Mas não somente isto e sim coisas que informavam que seu avó tinha servido na segunda Guerra Mundial e como um sargento de grande competência, algo que ele nunca soube antes. 
Ao mexer no diário, encontrou algo fofo e ali estava um mapa. Mas não podia ser! Aquilo era algo diferente, era um símbolo estranho que certamente levaria a algum lugar. No diário, páginas que foram cortadas.

Ao passar dos dias Jamie começou a ler o diário e um mar de mistério encheu sua vida. Pessoas que fizeram parte da vida do nazismo e que mantinham contato com Hitler estavam descritas ali e Matthew descrevia o horror da guerra. Mais do que isso, havia uma possível obra de arte perdida. O possível paradeiro de uma famosa obra há tempos procurada: O Rafael.

Mas coincidências começaram a acontecer. Pessoas começaram a morrer em sua volta, sua casa começou a ser invadida, ele passou a ser assaltado, até que uma tentativa de morte o fez perceber que não era somente ele que sabia sobre o diário e o tesouro. Mais pessoas queria o mapa, mas agora Jamie ia até o fim para honrar a vida de seu avô.

O que não imaginava Jamie é que em uma expedição em 1939 ao Tibet, líderes nazistas procuraram e encontraram um grande tesouro que os faziam acreditar que poderiam ter a vida prolongada e poderes mágicos capazes de mudarem o mundo.
Agora os sobreviventes e os que ainda amam o nazismo e também os que querem o poder absoluto vão correr contra o tempo e usar todas as armas possíveis para chegar até o diário, não importando quem esteja com ele. O que importa é o mapa. 


Autor: James Douglas
Título Original: The Doomsday Testament
ISBN: 9788564850491
Páginas: 408
Ano: 2013
Gênero: Ficção / Suspense
Editora: Jangada








A capa original e a brasileira são iguais. O símbolo interno que dá para ver na capa do livro é o símbolo característico que e tratado durante toda a parte do livro.

Eu solicitei este livro para a Editora porque fiquei com uma curiosidade gigante. Em primeiro lugar quando vi que parte dele retratava alguns lugares que se passam no período de guerra na Alemanha, já peguei um livro que tenho sobre as relíquias de Hitler e comparei a narrativa do autor com as imagens reais dos lugares e o autor se sai maravilhosamente bem. Quando imaginamos um local e depois vemos a foto de como ele realmente era é fantástico ver como o James Douglas consegue decifrar de uma forma perfeita o que é tão complexo aos olhos.

Mais do que isto, ele se utiliza de personagens que foram realmente vivos naquela época e de fatos reais também, o que se percebe que ele pesquisou muito para se obter toda esta trama.

Os capítulos são intercalados ora pelo personagem principal, ora pelas lembranças contadas pelo seu avô, ora pelas pessoas que o perseguem. é uma viagem pela Europa e pela Ásia e bastante conhecimento histórico.

Não falta também muito suspense e aventura. Para estar junto do personagem, ele encontra uma jornalista que está disposta a ajudá-lo em troca de sua história, que em certo momento demonstra ser intrigante e poderosa.

Fiquei imaginando como poderia ser o final, porque era impossível depois de tudo o que acontece ter algo realmente são a ponto de ser digno de aplausos, mas o autor consegue o feito. 

Um livro perfeito para quem gosta de suspense, aventura e com um apitada de adrenalina!





10 comentários:

  1. Oie, eu não conhecia o livro, mas a premissa tem elementos que adoro.
    Achei interessante.
    ;)
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Super bacana, em geral eu gosto dos lançamentos dessa editora e com ele não foi diferente! Adorei e estou curiosa a respeito.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Greice, não conhecia este livro,mas fiquei super empolgada com sua resenha e este gênero é o meu preferido.E esta forma de narração de deixa ainda mais curiosa!!
    Espero poder conferir!!
    Bjuss

    ResponderExcluir
  4. Oie,
    confesso que não conhecia o livro e não faz muito meu estilo de leitura, então não leria no momento, mas quem sabe mais para frente...

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Não conhecia o livro, mas adorei a premissa. Gosto muito de um bom suspense e mesclado com aventura deve ser ainda melhor. Ótima resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Já me falaram muito bem desse livro e eu estou louca para ler. Adoro suspense!
    Parabéns pelo post! Muito bom!

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o livro, mas ele parece ser realmente espetacular, além de tratar de um tema forte, a segunda guerra, espero ler em breve (OMG quero ler quase todos livros que você resenha <3)

    Beijos, Thaynara
    http://livroscombolinhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá Greice!
    Parece ser um ótimo livro!
    Mas infelizmente não faz muito meu gênero. Esse negocio de suspense, e adrenalina não me envolve muito.
    Ótima resenha :)
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Uhuuulll, mais um livro sobre guerra para mim ler!
    É um tema chato, ou melhor, triste, sôfrego, mas marcante. Que vale muito a pena ser estudado e discutido.
    Acho que esse é importante ler, pelo fato de haver tesouros, crenças nazistas, enfim, me interessou bastante, já vai para minha big lista! kkk


    bjusss

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos