29 outubro 2013

7

Dois Rios - T. Greenwood! Dica de Livro #31!


Harper era jovem demais quando tudo aconteceu. Demais para qualquer imaginar que teria que suportar a perda de um amor que sobreviveu ao longo dos anos.
Betsy era sua melhor amiga desde a época da escola. Por mais que ela o ignorasse durante a escola, quando saiam dela eles encaravam aventuras loucas, descobriam lugares que acendiam em Harper uma curiosidade que o faziam imaginar se seria capaz de descobrir tudo aquilo sozinho em Dois Rios.

Dois Rios era uma cidade tão pequena que todo mundo se conhecia e ninguém desejava passar muito tempo por lá. Eram grandes fazendas que iam por vastos hectares, árvore frondosas, e o belo encontro de dois rios que dava o nome à cidade. A passagem de trens também dava um pequeno ar de civilização ao lugar, mas tanto Harper quanto Betsy desejavam muito mais do que isto, desejavam formarem-se e conhecer o mundo além do que as montanhas podiam mostrar.

Os pais de Harper eram diferentes dos outros. Sua mãe lutava pela liberdade dos negros, em uma época em que, infelizmente, o racismo era gigantesco e sua mãe precisava se esconder para fazer as matérias para o jornal clandestino que mantinha a favor dos negros.
Seu pai vivia para facilitar a vida de sua mãe com suas invenções malucas e acreditava que assim poderia torná-la mais feliz.
Mas de uma certa forma, sua mãe precisava viajar por certos momentos para lutar em lugares de maior opressão e ambos sabiam que isto poderia demorar meses, mas aceitavam o fato.

Mas isto tudo aconteceu no antes. No antes de Betsy morrer. Morrer não seria a palavra. No antes de Betsy ser assassinada. No antes de Betsy estar ao lado de Harper com Shelly em sua barriga. Antes de que o homem viesse tirá-lo dele e terminar com seus sonhos. Conseguiram salvar somente o bebê. Somente Shelly!

Hoje, Shelly tem 12 anos e é difícil para Harper ser um pai tão bom quanto gostaria. Criar uma menina sozinha, sem a presença de uma mulher parece ser tão complicado. Mas é impossível desistir.

E naquele dia em que o trem descarrilou, naquele dia em que salvou a vida daquela menina de apenas 15 anos e percebeu sua barriga saliente, aquela menina apavorada, assustada e pedindo socorro sem parar, viu que precisava fazer alguma coisa pois sua consciência pesada cobrava dele algo.

Maggie conseguiu convencer Harper a deixá-la ficar por um pequeno tempo em sua casa, somente até resolver sua situação. Mas Maggie era negra, o que fazia todos comentarem sobre ele estar com uma menina em sua casa, de cor diferente, sabendo-se que era solteiro.

E é no pesadelo do passado, no amor por Betsy, no vislumbre de um ato que o acomete há mais de 20 anos que Harper percebeu que tinha cometido um engano. Porque Maggie não tinha vindo por acaso, ela tinha vindo por um motivo certo e agora ela vinha para cobrar a verdade!


Autora: T. Greenwood
Título Original: Two Rivers
ISBN: 9788581632773
Páginas: 448
Ano: 2013
Gênero: Ficção / Drama
Editora: Novo Conceito










Esta capa acima é a original lançada porém não achei muito real com a história do livro. Demonstra em parte um pouco da personalidade de Betsy, mas a que a Novo Conceito lançou é praticamente a cara da cidade e do real motivo de tudo ter começado a acontecer. A questão das montanhas, do rio ao lado e do trem que passa. Considero uma capa bastante interessante.

A Novo Coneito lançou um outro livro desta autora que foi o Um Mundo Brilhante que também li e ela tem um dom da escrita bastante detalhada e característica em descrever maravilhosamente bem os personagens, o cenário e os atos.

Os capítulos de Dois Rios vão acontecendo de forma que mostram o passado e depois o presente e desta forma vai se ligando os pontos dos acontecimentos. 

Este livro já havia me chamado a atenção desde que a Novo Conceito o colocara como pré-lançamento. A sinopse me chamou muita atenção. E realmente não estava errada sobre a história. É de uma delícia sem fim.
Tem um quê de mistério, de romance, de dor, de paixão.

A verdade sobre a vida de Betsy que se apóia tanto em Harper e que para ele isso é tudo o que ele realmente precisa para viver. Ver o amor entre eles durante todo o tempo. Todas as coisas que eles abrem mão para ficarem juntos ou o que eles fazem para terem um futuro melhor.
As dificuldades da época sobre a questão do racismo, a reação das pessoas, a questão da guerra e como ela teve seu impacto até mesmo ali em Dois Rios.

A descrição de ver um pai criando uma filha sozinho, passando por todas as sequências de acontecimentos, do despreparo da paternidade é realmente muito tocante.

Mais do que tudo isto é a resolução dos fatos. É tão incrível saber como tudo se resolve que, em nenhum momento, me passou pela cabeça que tudo estava interligado. 
É uma bela obra prima que coloca novamente a autora na minha lista de favoritas. 

O livro me fez desejar morar em Dois Rios, ser amiga de Shelly e ter conhecido Betsy tanto quanto Harper. Uma bela obra prima!











7 comentários:

  1. Oi Greice!

    Você escreve muito bem. Parabéns!
    Gostei bastante do que você escreveu sobre o livro. Gosto desses tipos de histórias.

    Beijos.
    http://arianaviajante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Sabe, eu gostei muito, muito de Um Mundo Brilhante e quando vi que a editora iria lançar este, fiquei eufórica para ler pois a autora me conquistou, será minha próxima leitura e tenho a certeza de que vou gostar tanto quanto do primeiro!!!

    Beijo, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Greice!
    Esse é um livro que estou apaixonada desde sempre pela capa <3 rs.
    Sua resenha me deixou com muita mais vontade de lê-lo! Parece ser um livro não apenas chamativo, mas com muito conteúdo!
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    Nossa a resenha foi tão legal que fiquei bastante curiosa! Vou colocar na minha lista de desejados :D
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li esse livro mas em questão da capa eu também achei a brasileira mais bonita, a paisagem é linda!
    Fico bastante entusiasmada com histórias que mesclam passado e presente.

    ResponderExcluir
  6. ''Tem um quê de mistério, de romance, de dor, de paixão.'' Adorei você ter falado isso porque eu fico querendo ler mais ainda esse livro.
    Eu sou louca por mistérios em histórias. Vou querer ler também ''Um Mundo Brilhante'' para conhecer mais a autora.

    ResponderExcluir
  7. Huuuum, todas as resenhas que li desse livro são muito boas! Adorei, acho que ele deve ser com bastante mistério e aquela final surpreendente, agora basta saber se é surpreendente bom ou ruim, rsrs preciso lê-lo!! bjss

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos