02 agosto 2013

6

Charlotte Street - Danny Wallace - Dica de Livro #10!



Num cruzar do destino dois corpos se cruzam e é ali naquele momento que Jason acredita ter encontrado algo que foi capaz de ter movido sua alma para um ponto além da monotonia. Questão de segundos apenas e o que resta é apenas uma câmera descartável em suas mãos. espere! Uma câmera?
Sim! A bela moça que moveu seu coração não deixou nome nem endereço, apenas uma câmera com diversas fotos.

Jason Pristley é um homem que se julga sem identidade momentânea. Por um momento se viu vítima de um ataque que lhe causou um grande trauma e a partir dali não conseguiu mais retomar sua vida costumeira que era ser um bom professor, um bom namorado, um bom ser humano.
Acaba assim enfurnado em uma casa dividindo o aluguel com seu melhor amigo Dev, amargurado e triste após ser deixado por todos para sobreviver ao seu destino.

Até conhecer "a garota". Mas como chegar até ela?. As fotos são um mistério e um misto de aventuras e lugares que Jason e seus amigos precisarão conhecer para juntarem as peças do quebra-cabeças para estarem mais próximos da verdade e de seu alvo.
Mas até que ponto tudo não passa de um jogo ou uma armação que Jason precisa desvendar?



Autor: Danny Wallace
Nome Original: Charlotte Street
Páginas: 400
Gênero: Ficção/ Romance
Editora: Novo Conceito
Link para o Livro - Clique Aqui.




Os personagens da história de Charlott Street são cômicos se comparados ao principal, Jason.

Dev, melhor amigo de Jason, tem uma loja de jogos de vídeo-game antigos que não lhe gera lucro algum e assim vive as custas de seu pai. É um tanto desligado e o tipo que não agrada e nem chama a atenção das mulheres.
Zoe é a amiga que salvou Jason do fundo do poço e cedeu a ele uma oportunidade como freelancer no jornal da cidade. É polida e já foi apaixonada pelo amigo.
Sarah é a ex-namorada de Jason que o deixou sozinho e que agora está noiva de outro homem ao qual é julgado como chato e insolente. Sarah considera Jason infantil e imaturo perante sua vida atual.
Abbey é a amiga totalmente pirada que Jason conhece ao prestar um trabalho como crítico colunista. Logo, ela se torna parte da turma dele e vira todo o cenário em busca de peças que se encaixam nas fotografias da "garota".





O livro em si é uma demonstração da união de amigos em busca de algo meio esquisito e louco, que em alguns aspectos pode deixar a desejar para quem ficar esperando um livro de romance ou uma história melosa. Realmente não é isto o que acontece.
A "garota" também tem a vida narrada no texto mas de uma forma diferenciada.
Não é um livro empolgante, mas faz passar o tempo.











6 comentários:

  1. Não é meu tipo de livro favorito. Mas pra passar o tempo como você disse, parece ser bem legal mesmo.
    Ah, e acho a capa linda demais <3

    ResponderExcluir
  2. Oi linda..
    Adoro os livros da Novo Conceito.
    É bom também fugir das histórias melosas né, e partir pra uma diferente.
    Gostei do seu post...


    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu acho que esse livro deve ser legal, gosto dessas histórias com várias personagens, em que cada capítulo/parte fala sobre a vida deles.
    É empolgante porque lembra muito a vida real. Eu sempre me pego comparando-me com algum personagem e comparando os meus amigos tbm!! rsrs.

    Adorei a resenha, bjoos! ;D

    ResponderExcluir
  4. Eu amooo essas histórias em que os homens se apaixonam profundamente. E seria muito bom que existissem mais desse por awe...

    ResponderExcluir
  5. Achei a capa linda e comprei esse livro. Mas confesso que até chegar ao meio do livro foi uma prova de resistência para não abandoná-lo. Mesmo assim seguir a leitura e no final não me arrependi de não te-lo largado.

    ResponderExcluir
  6. Antes de ler o livro eu esperava muito dele e foi com essa vontade que comecei a ler. Já nas primeiras páginas foi me decepcionando e só terminei o livro porque não gosto de deixar nada pela metade. fiquei me perguntando o porque de tanta gente gostar dele e não encontrei a resposta.
    Quanto a sua resenha, eu gostei dela.

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos