31 julho 2013

3

E essa coisa de furar filas?

Não foi possível eu ficar de mãos atadas nessa coisa de que todo mundo comentar o dia inteiro sobre a situação de uma certa blogueira de uma conceituada revista ter ido até uma boate e ter tentado entrar antes de uma mega fila apenas dizendo ser blogueira para a revista.
Bom, lógico que eu ia escrever algumas linhas sobre esta questão, afinal a que ponto o holofote das situações do nosso cotidiano não utiliza os métodos que estão a este alcance para ultrapassar todos os meios possíveis?

Estava pensando se em algum momento da minha singela vida eu utilizei o método de "sou blogueira" para conseguir alguma coisa. Claro que em parcerias eu faço isso sim, até porque estamos tentando conseguir colocar o nosso trabalho em primeiro lugar. Quando alguns amigos pedem também cito esta mesma situação.

Pensei em como seria se fosse comigo. O diálogo que ocorreria entre mim e o pessoal do lugar:

- Olá! tudo bem? Bom sabe, eu sou a Greice Negrini e trabalho para o blog Amigas & mulheres e gostaria de saber se...
- Desculpe moça...o que você quer mesmo?
- Como estava falando, eu trabalho no blog Amigas...
- O que é um blog?
- É um espaço na internet, como um site em que você trabalha com matérias para os leitores e como eu ia te falando eu..
- Ah, um site? É como a Playboy?

Bom, é assim que seria comigo! Tenho certeza de que seria assim e eu conseguiria chegar somente até aí e sairia com a cabeça abaixada até o final da fila.

Mas o que ocorreu para quem ainda não sabe foi o seguinte:



Ela está errada em fazer? De forma alguma! Quantas vezes você se utilizou de métodos não convencionais para conseguir alguma coisa que queria? Pensar nisso agora parece ser estranho, certo? Ou até meio vergonhoso? Bom, mas de certa forma ter um grau um pouco mais elevado que foi conquistado por um mérito próprio pode nos levar a lugares que desejamos. 
Agora, nem sempre isto é algo bonito ou correto. 

Foi um momento de infelicidade? Provavelmente...
Vai haver aqueles que irão falar que é muito mais certo e coerente a pessoa não tentar se vangloriar e passar na frente de tantas pessoas que estavam lá também para curtir o mesmo momento que essa pessoa, mas certamente as ações desta pessoa são imaginadas ou deslumbradas em algum outro nível ou ela viu por alguma outra pessoa fazer,pois se ninguém demonstrasse que isso seria possível, a pessoa nem sequer teria a cara de pau de tentar.
É mais ou menos como ser político no Brasil: você sabe que pode ser honesto, mas também sabe que pode ser corrupto porque praticamente todos são. O que é mais fácil para se conseguir chegar onde se deseja?

Com certeza se aprende depois do primeiro erro, mas para e pensa se você já não furou filas, hein? E achou o máximo, né?
Na próxima vez pense também em todas pessoas que ficaram para trás porque tentar ser esperto nem sempre é o correto!











3 comentários:

  1. Oi Greice!
    Esse é um assunto ótimo. Ninguém gosta de ser passado pra trás, mas com certeza todo mundo já furou a fila alguma vez! E é isso mesmo, quando a gente faz parece inofensivo, mas quando nós somos as vítimas daí a crítica começa.
    Vivendo e aprendendo. Estou seguindo teu blog. Lindo.

    Bjos.
    http://arianaviajante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. bah! tudo de bom... concordo plenamente contigo!!!!
    Sabe, qdo comecei a ler me veio o seguinte:
    Será q ela usaria isso tb para ver o Papa e passar na frente de milhares de pessoas que passaram a noite esperando p entrar?POr outro lado, comentamos, minha mãe e eu, q muita gente reclama de fila, mas para ver Papa, acharam o máximo ficar esperando...
    Bom, cada um, cada um né?
    Obrigada pela informação... tava falando com a Natálie, do Coisas de Natálie, e ficamos em dúvida qto a muitos quesitos sobre o negócio dos sorteios... tb questionamos q se refere a pessoas jurídicas e não a fisicias..porém mtas blogueiras já se tornaram p jurídica...eu sou física, graças a Deus... espero poder continuar fazendo sorteios no tititi, mas vou falar c advogado antes de promover o próximo
    bjkas desejando ótimo fina de semana

    ResponderExcluir
  3. Nooossa amei o texto, muito bom!
    Deu pra refletir bastante aqui... aii que vergonha, geeeente!! Eu confesso: já furei a fila do lanches umas duas vezes, kkkkkkkkk' mas na hora não me senti bem, confortável, só fiquei surpresa por não ter apanhado, rsrsrs...

    Mas enfim, agora não furo mais!
    bjooss ;*

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos