02 julho 2013

4

Dica de Filme: Guerra Mundial Z com Brad Pitt!

Estreou nos cinemas mundiais o esperado filme com Brad Pitt: Guerra Mundial Z. 
Na realidade a propaganda feita em cima deste filme foi gigantesca que no primeiro momento que eu vi o trailer já estava com muita vontade de assistir e isso soma-se ao fato de que sou um pouco viciada em história de zumbis ( um pouco significa muitíssimo ).

Assim que o filme entrou em cartaz fui conferir para ver se toda ação que mostrava no trailer iria se manter durante o filme e mais do que isso, se a narrativa iria conseguir sustentar tanta ação. Até porque não é simplesmente ter um ator bonito em tela que um filme se sustenta.

SINOPSE:
Uma terrível e misteriosa doença se espalha pelo mundo, transformando as pessoas em uma espécie de zumbis. A velocidade do contágio é impressionante e logo o Governo americano recruta um ex-investigador da ONU (Organização das Nações Unidas) para investigar o que pode estar acontecendo e assim salvar a humanidade, tendo em vista que as previsões são as mais catastróficas possíveis. Gerry Lane (Brad Pitt) tinha optado por dedicar mais tempo a sua esposa Karen (Mireille Enos) e as filhas, mas seu amor a pátria e o desejo de salvar sua família acabam contribuindo para que ele tope a missão. Agora, ele precisa percorrer o caminho inverso da contaminação para tentar entender as causas ou, ao menos, indentificar uma maneira de conter o contágio até que se descubra uma cura antes do  apocalipse. Começa uma verdadeira corrida contra o tempo, que mostra-se cada vez mais curto, na medida que a população de humanos não para de diminuir. 























O filme se inicia de uma foma muito natural, sem enrolações e sem perda de tempo. Isto dá um mínimo de tempo para o espectador já esperar muita ação sem ter que ficar esperando a história ser contada para ver o que acontece com os personagens. Nos primeiros minutos mostra a família principal do filme e a partir daquele instante já se inicia as primeiras cenas de ação.

Quem assiste a muitos filmes deste gênero pode achar semelhança em muitos filmes, principalmente no Eu Sou a Lenda com o ator Will Smith
Nos primeiros trinta minutos o filme demonstra como toda população é atacada, todo o caos que é gerado e a partir daí vem as cenas básicas de sustos, nervosismos e coisas do gênero.


Algumas cenas acredito terem sido mal elaboradas pois foram colocadas no filme sem um contexto real, sem início, meio e fim. Iniciava uma cena e em minutos acabava em uma parte do mundo simplesmente como se não fosse necessário, sabendo-se que aquela cena seria extremamente importante para o desenvolvimento do tema.
Acredito que eles tinham muita história a ser contada e muita ação para ser colocados juntos em pouco tempo e isto acabou delimitando o filme. Em certo momento estavam nos EUA, depois na Coréia, depois em Israel.


Da metade do filme para o fim, quando tudo já foi percebido, muita ação já foi mostrada e o filme tem que ser empurrado para um final em que aparentemente o ser humano precisa sair vitorioso, o filme começa a se tornar um pouco mais leve. Continua com cenas de ação mas não tão fortes e estranhamente impossíveis.

A saída encontrada foi um bom tema e pareceu bastante coerente.
Como o filme foi baseado em um romance literário de Max Brooks e também um jogo de vídeo-game, acredito que precisava ter bastante cenas idênticas ao jogo e isso requeria mais cenas violentas do que uma história dramática e foi isso que o filme seguiu.

Se você espera um bom filme de ação pode até desejar ver este filme. É uma montanha-russa de emoções, mas não animou completamente conforme deixou a expectativa desde a prévia de lançamento.



Vai desejar dar uma espiada nele? Depois deixe sua opinião por aqui!













4 comentários:

  1. Oi Greice!
    Adorei a sua narrativa do filme. Minhas filhas estão tentando me convencer a ir ver, mas não é muito o tipo de filme que eu gosto de ver no cinema, preferia locar depois.
    Eu vi o EU SOU A LENDA, foi legal, se for no estilo é bom!
    Bjs

    http://garotasbacanas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Eu estou com muita vontade de ver esse filme. Gosto muito de filmes de ação e sobre guerra... E já que tem o Brad é melhor ainda né! rsrs

    Beijokas
    contemrimel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. pois ele vinha para o Brasil para lançar o filme e desistiu por causa dos protestos.... não é meu estilo de filme mas acho que vou assistir mesmo assim!! bjkas com saudades
    tititi da dri

    ResponderExcluir
  4. Oi Greice,

    o motivo do filme ser corrido é que ele foi extremamente mal adaptado - talvez por culpa do Pitt mesmo, já que é a produtora dele que está envolvido.

    A ideia original do estúdio eram de 3 filmes, mas depois da merda que ficou o tal final do filme - totalmente rejeitado por eles, e ter que ser refeito 40 minutos... Mudou-se tudo para 1 unico filme.

    Acredite! Agora, só porque fez sucesso nas bilheterias, opa, vamos fazer 2 filmes.

    Tenso tenso!

    Eu adoro Eu sou a lenda, e só vou ver Guerra Mundial após aqueles da minha listinha do amor!

    Beijos!

    http://www.nerdiva.com.br

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos