02 janeiro 2013

5

LIVRO CUCO - Resenha #1!

Olá!


Vou voltar com as resenhas dos livros e nada melhor do que voltar com uma resenha de um super livro de suspense.

Na verdade, este livro gera uma sensação de raiva, angústia, ansiedade específicos da novela Avenida Brasil, sabe?

Olha aí a sinopse:  
Polly é a mais antiga amiga de Rose. Então quando ela liga para dar a notícia que seu marido morreu, Rose não pensa duas vezes ao convidá-la para ficar em sua casa. Ela faria qualquer coisa pela amiga; sempre foi assim.



Polly sempre foi singular — uma das qualidades que Rose mais admirava nela — e desde o momento em que ela e seus dois filhos chegaram na porta de Rose, fica óbvio que ela não é uma típica viúva. Mas quanto mais Polly fica na casa, mais Rose pensa o quanto a conhece. Ela não consegue parar de pensar, também, se sua presença tem algo a ver com o fato de Rose estar perdendo o controle de sua família e sua casa.



Enquanto o mundo de Rose é meticulosamente destruído, uma coisa fica clara: tirar Polly da casa está cada vez mais difícil.
 
Se você for imaginar, vai pensar que este livro é aqueles de gênero em que uma amiga se apaixona pelo seu marido e faz de tudo para roubá-lo.

A verdade é que aqui, neste livro CUCO, tudo é um pouco mais além e a imaginação vai solta por um lado obscuro da mente.


Trechos do livro:


“ Olhe, Rose – falou. - Sou muito grata pelo que está fazendo por mim. De verdade. Só que, por favor, não pense que irá resolver tudo com uma conversa, tendo agradáveis papinhos comigo ou com meus filhos. Não vai funcionar assim. O que estamos passando não será resolvido com isso. O único jeito que irá funcionar é do meu jeito. E eu faço as coisas de modo diferente de você. Sempre fiz. Então, por favor, não pense que pode deixar tudo bem com palavras e pratos de comida, porque não pode.
O fato é que ninguém me trará Christos de volta. E é com isso que nós, os meninos e eu, estamos lidando. E como você poderia saber o que isso significa para nós? Então, por favor, fique na sua.”

“ - Ele chegou a te machucar, Anna?
- Não, não. Ele só me assusta. Às vezes eu acho que ele podia me machucar se ficasse um pouco mais nervoso. E... - sua voz sumiu no momento em que puxou um feixe de fios de cabelo dos lábios.
- O que, meu amor?
- E eu quero você de volta, e não a Polly.”

“ Tudo permaneceu em suspenso por um instante, enquanto ela absorvia o que mais estava acontecendo. Seguiu a trajetória do olhar de Polly e Gareth fora da casa, no gramado dos fundos, ajoelhado sobre um pequeno corpo prostado. Ao seu lado, jazia uma arma. Uma arma?”

Este livro prende pelo conteúdo e pelos momentos de tensão. Em certas situações o terror parece assolar e logo em seguida a calma toma conta novamente para o leitor poder respirar por alguns minutos até que tudo volte a ficar tenso novamente.

O final do livro surpreende pelo resultado de todas as ações, imagino que não teria a mesma coragem dos personagens, mas a ideia da escritora Julia Crouch deu um frescor ao sentido do livro.

Este livro é um lançamento da Editora Novo Conceito e você pode obter todas as informações neste link.








 

5 comentários:

  1. dica legal, vou seguir!

    http://anitamakingof.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Fofa Adorei seu blog
    acessa o meu garotinha-delicada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Fofa Adorei seu blog
    acessa o meu garotinha-delicada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi!!! Eu terminei de ler este livro ontem!!! Li em apenas 03 dias... a cada página eu sentia mais raiva e angústia (tinha vontade de entrar na história e tentar mudar o rumo dos acontecimentos hehehe)... Gostei bastante, mas o final não era bem o que eu estava pensando e, exatamente, por isso ele é tão interessante!!!!

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos