10 maio 2011

5

Prisão de Ventre X Emoções!

Quando pensamos em emoções, sempre nos vêem a cabeça o coração e associamos a ele nossas alegrias e tristezas, altos e baixos, mas...

Existe no nosso organismo, um outro órgão, com mais de 9 metros de comprimento que é diretamente influenciado pelas nossas emoções: o nosso intestino.
Em todos os conflitos da nossa vida: trabalho, amor, brigas, quando não conseguimos digerir esses problemas, acabamos ficando dias e dias sem ir ao banheiro.



E nós mulheres, infelizmente, somos os alvos preferidos desse distúrbio, que não está associado unicamente a alimentação, pois nós apesar de conseguirmos expressar mais facilmente nossas emoções ( raiva, tristezas, etc.) do que os homens, não conseguimos neutraliza-las.
E o intestino possui seu próprio sistema nervoso autônomo em que circulam mais de 100 milhões de neurônios, que são as responsáveis pela coordenação de todas funções digestivas.

E nele também temos a liberação da serotonina (ela não é exclusividade do cérebro) e outros neurotrasmissores que controlam o movimento peristáltico do intestino e que finalizam a digestão com a evacuação. E quando as emoções ficam descontroladas todo esse processo acaba se desregulando, e tanto travando quanto desandando seu intestino, porque um sentimento altera a produção da serotonina que desorganiza as ondas peristálticas.
O que fazer para evitar que isso aconteça?

Não devemos reprimir nossos sentimentos, pois isso é o mesmo que escondê-los, e ter sempre do nosso lado seja um amigo, seja um psicólogo, seja um médico de nossa confiança para podermos desabafar, pois todo problema compartilhado é um problema dividido ao meio.
E ter sempre uma atitude positiva frente a todos inevitáveis conflitos que nos depararmos já é uma grande ajuda.

Dicas:
- Comer alimentos ricos em fibras ( 20 a 30 gramas por dia ).
- Beber bastante água. ( 2 a 3 litros )
- Evitar tomar laxantes.
- Jamais adiar a ida ao banheiro, quando der vontade, vá.
- Evitar comer carne vermelha todos os dias pois estudos estudos relacionam o consumo da carne à maior incidência de intestino preso.

Quero deixar claro que este é um assunto bastante complexo e que procurei resumir as informações básicas de uma matéria da revista Boa Forma, pois sei que muitas de nós sofremos com este desconfortável problema, que inclusive surte efeitos na nossa aparência, e achei importante compartilhar. Espero que possa ajudar um pouco quem sofre com este problema!

Saúde!

5 comentários:

  1. Oi florzinha, quero convidar você pra participar dos novos posts do Rosa Chock, ficarei muitissímo feliz, pra escolher qual post participar clique no link: http://tudorosachok.blogspot.com/2011/05/participe-dos-posts-do-rosa-chock.html

    ResponderExcluir
  2. Eu já sofri com isso,mas hj em dia estou super bem depois q comecei a me alimentar corretamente. Ainda tenho um outro probelma com viagens e tal,mas acho q isso acontece com a maioria dos mortais!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. isso é um problema né flor? adorei as dicas! eu mesma só me ajeitei quando comecei a comer melhor mesmo =3
    Beijokass

    ResponderExcluir
  4. É impressionante que só sofro com isso quando estou para menstruar, fora isso eu sofro com o problema contrário, excesso.

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos