27 fevereiro 2011

4

Porcos-Espinhos!



Essa mensagem eu tenho que compartilhar com vocês, porque achei emocionante e que traduz muita sabedoria .
E foi copiada na íntegra do blog do Paulo Coelho e eu acrescentei meus comentários ao final.


Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.

Os porcos-espinhos percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros, mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor

Por isso decidiram se afastar uns dos outros e voltaram a morrer congelados, então precisavam fazer uma escolha:
Ou desapareciam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros.
Com sabedoria decidiram voltar a ficar juntos.

Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro
E assim sobreviveram.


Eu achei esse texto no blog do Paulo Coelho, e acho que serve muito para nossas vidas, porque por mais que amigos, amores, familiares, pessoas em geral nos causem pequenas feridas diariamente - feridas originadas pelo egoísmo, pela insegurança, pela falta de tato, pelo excesso de sinceridade, pela falta de respeito, pelo medo, pela covardia, por tantas emoções tipicamente tão humanas que não consigo elencar todas, a simples existência de alguém em nossas vidas, nos faz esquecer estas ínfimas dores, pois o prazer de compartilhar nossa existência é infinitamente maior.

Espero que vocês gostem, assim como eu gostei!

4 comentários:

  1. Nossa, amei hein!! Eu tava mesmo precisando ler alguma coisa assim, serviu direitinho para mim!!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei!!!! Sabe que eu penso assim tambem.
    Fico olhando, tantos relacionamentos se acabando por nao saber lidar com os "espinhos".
    Nao vou dizer que eh facil... mas eh a vida e estamos aqui pra aprender nao eh mesmo.
    bjss
    nadia

    ResponderExcluir
  3. O que posso falar...é uma pura verdade!Melhor ter estas feridas do que não ter nenhuma...para mim isto se chama a arte de vivier!
    Beijos e uma semana linda,
    Mery

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos