18 agosto 2010

3

Beleza x Perigo!

O Latisse foi aprovado pelo FDA em 2001 para a redução da pressão intra-ocular de pessoas com glaucoma. (É interessante notar que Botox também foi inicialmente aprovado para tratar um distúrbio ocular.) 

Um dos efeitos colaterais notado por pacientes com glaucoma foram cílios mais longos. E assim, as mulheres começaram a usar o produto aliado a estética.

Os resultados do estudo mostraram que os cílios de pacientes que foram tratados com o Latisse normalmente cresceram 25% maior, 106% mais espessos e 18% mais escuros.  

Uma pequena quantidade de pacientes (3,6%), teve escurecimento da pálpebra e olhos vermelhos. Estes resultados foram apresentados e revisados pela Food and Drug Administration, que aprovou o medicamento no final de dezembro de 2008. 

O preço do produto gira em torno de R$ 210,00 - um frasco que dura mais ou menos um mês.
A novidade ainda não é comercializada no Brasil, mesmo que fosse .. esse eu passo!


3 comentários:

  1. Márcia,pessoas sem diagnóstico de glaucoma não devem fazer uso de medicamentos para esse fim pois podem trazer riscos como todo medicamento sem indicação médica.Mas pode ficar feliz, pois, a AVON acaba de lançar um produto específico para um aumento na quantidade de cílios. É da RENEW e já está disponível para compra na campanha 15. E mais !!É bem baratinho. Vale a pena conferir! Bjos. Cláudia

    ResponderExcluir
  2. Pois é Claudinha .. é bom mesmo reforçarmos que trata-se de um medicamento, que os 'gringos' estão usando para outros fins e que são muito perigosos se não utilizados para aquilo que foram feitos.
    Bjim

    ResponderExcluir
  3. Que interessante, mas dá um medinho de usar, né?
    Meninas do amigas e mulheres, tem sorteio de aniversário rolando no blog Nossa Cozinha. Passem lá e inscrevam-se!
    www.nossacozinhadani.blogspot.com
    Beijocas!

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos