08 julho 2010

4

O Sal!

Depois que uma amiga teve que 'abrir o olho' quanto ao consumo de sal, comecei a pesquisar mais sobre isso. Sou uma amante do sal, pra mim ele é indispensável e pode 'estragar' um prato se usado em menor quantidade do que aquela que eu considero suficiente.

Durante um longo tempo o sal foi considerado muito precioso para a preservação dos alimentos e foi chamado de ouro branco. Os Gregos e Romanos, utilizavam o sal como moeda para suas compras e vendas e com este condimento os romanos eram pagos, por isso surgiu a palavra salário que deriva de sal. Foi também considerado um artigo de luxo e só os mais ricos tinham acesso a ele.

O sal em seu estado puro consiste de cloreto de sódio e é encontrado em grande quantidade na natureza, em alguns casos são adicionados a ele substâncias ou temperos para o seu uso culinário.

O problema é que nosso paladar se adaptou tanto a ele que o consumo se tornou excessivo. Uma pesquisa do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) sobre fast-food encontrou sanduíches cujas unidades oferecem quase 80% do sódio recomendado por dia.

Se você quer ficar longe da hipertensão e prevenir outros problemas de saúde, comece a controlar desde já o consumo diário de sal. Essas dicas vão ajudá-la:

- Nunca ter um saleiro à mesa.

- Não acrescentar sal aos alimentos já prontos.

- Preferir alimentos frescos em vez dos processados.

- Evitar alimentos embutidos (lingüiça, salsicha, mortadela, presunto, salame).

- Evitar conservas e enlatados como: picles, azeitona, aspargo, patês e palmito.

- Comer queijo branco ou ricota sem sal é mais saudável do que outros tipos de queijo.

- Evitar salgadinhos para aperitivo com adição de sal, amendoim, batata frita, e outros.

- Evitar alimentos que contenham o aditivo glutamato monossódico, utilizado para realçar o sabor dos alimentos. (Conhecido como Ajynomoto)

- Substitutos do sal ou sal diet podem ser indicados para algumas pessoas, mas só devem ser consumidos sob orientação médica ou de nutricionista.

- Além de moderação no uso no sal no preparo dos alimentos, é preciso redobrar os cuidados com os alimentos industrializados. Até mesmo doces, balas, bolos e biscoitos incluem esse tempero. Confira sempre a composição na embalagem e prefira alimentos e temperos naturais.


Fonte: Anew e Viaki

4 comentários:

  1. Oi Márcia.
    òtimo post. Super informatovo!!!

    bjsss

    ResponderExcluir
  2. Olá Márcia, tá aí algo que não consigo me livrar: o sal. Tb acho que uma comida sem sal é muito ruim, mas tento maneirar por causa da retenção de líquidos. Ainda bem que não tenho pressão alta. Ótimo post! bjo, Nane www.vovoqueensinou.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Passando super rápido só para avisar que tem sorteio no meu blog! Bjinhos

    ResponderExcluir
  4. seg: rapunzel

    Passa no meu bloguinho, mais tarde iniciarei um sorteio: www.bomboneca.blogspot.com

    bjs.. Aline.

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos