14 novembro 2009

0

Emagrecer parece Milagre!


Slendesta: Pílula Emagrecedora


Atualmente existem milhares de produtos para emagrecer no mercado. Soluções eficazes e que prometem e não cumprem. Quer dizer, gastamos dinheiro e mais dinheiro e muitas vezes vemos ele ser jogado fora por aquele desejo interminável de colocar os quilinhos fora. E como eles incomodam!

Shakes, barras de cereais, pós que substituem a refeição, pílulas que secam gorduras. Ufa!
São tantas as coisas no mercado consumidor que se eu pudesse comprar tudo, não conseguiria consumir! Risos.

Mas agora a moda é outra! A fama da pílula tradicional no exterior é de que a boa amiga acaba com a fome, seca as gordurinhas extras e ainda por cima num tempo menor do que os outros produtos.

Falamos de: Slendesta!

Dizem que a pílula aumenta a liberação de uma substância que promove a sensação de saciedade.

O que saber sobre a pílula?

- É um extrato de proteína de batata, um produto 100% natural.
- Diversos estudos clínicos à escala mundial comprovam os seus efeitos no aumento da saciedade, ajudando assim a controlar a quantidade de alimentos ingeridos.
- NÃO PODE ser encarado como um substituto de qualquer alimento, mas ajuda a comer menos, em menores porções, e sem aqueles abusos nos intervalos ou finais das refeições.
- Ela dá a sensação de saciedade por dia igual à ingestão de quatro batatas.
- Por enquanto é vendido na forma de cápsulas, mas estão estudando para vender em versão iogurte e barra de cereais. ( Famosa barrinha. )
- Por enquanto só pode ser encontrado em farmácias de manipulação. Ainda não há fórmula pronta.
- Corta 30% do apetite.

Antes de ir de corpo e alma na pílula sagrada e "esperançosa" para nós mulheres, é de grande sabedoria que se consulte um médico: nutricionista, endocrinologista ou médico ortomolecular.
Nada de ficar colocando as doses próprias e querer sair secando as (malditas e desagradáveis) gordurinhas indesejáveis a tempo recorde.

Preços??????

A caixa com 60 cápsulas de 300 mg (dosagem média) custa cerca de R$200,00.

Não foram comprovadas ainda efeitos colaterais, porém estive pesquisando em blogs e sites do ramo e vi algumas mulheres reclamando de enjoos após a ingestão da pílula.
Mas o que vale é a intenção.
Infelizmente continua aquela famosa tática de malhação, boa alimentação e fim ao sedentarismo!

Odeio malhar! Amo Chocolate!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Obrigada pela visita ao blog.
Tento sempre responder aos comentários aqui no blog e, se deixar o seu blog, retribuir as visitas o máximo possível.
Beijos